Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
   
Imagine uma imensidão de grades douradas, e ao lado jardins imensos, limpos e com a jardinagem impecável. Foi esta a primeira visão que tive do Palácio de Versalhes. Por dentro, detalhes sensacionais, que remetem à uma época de luxo e riqueza da corte européia.


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
portões de entrada do Palácio de Versalhes
Como estávamos com a empresa de turismo contratada, tivemos acesso à entrada do Palácio pela parte de grupos, que é diferente da entrada normal. Acredito que a fila é menor e mais rápida. Recebemos o rádio para ouvirmos o nosso guia com a explicação sobre uma parte do Palácio que visitamos, lembrando que ele é considerado o maior palácio da época e um dos maiores atualmente, com uma ampla extensão que ocupa mais de 100 hectares, possuindo 700 quartos, 352 chaminés, 1250 lareiras, 67 escadas, 2153 janelas e um parque de 700 hectares.

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
Sala dos Cristais do Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes é um castelo real localizado na cidade de Versalhes, subúrbio de Paris. Desde 1682 até 1789, ano em que teve início a Revolução Francesa, foi o centro do poder do Antigo Regime na França. Sua localização deve-se ao fato da procura de um local afastado dos grandes centros, devido ao grande tumulto de gente e doenças nesses locais. Construído pelo rei Luís XIV, o "Rei Sol", a partir de 1664, veio mais tarde a tornar-se, em 1682, a residência oficial do monarca e também o símbolo da monarquia absolutista, sustentada pelo rei.  Pela sua opulência e grandiosidade, tornou-se o mais luxuoso de toda a Europa, tendo sido, por inúmeras vezes, copiado. Foi projetado pelo arquiteto francês Louis Le Vau, sendo concluído por Jules Hardouin-Mansart, após sua morte. Em 1837, após a Revolução Francesa, o Palácio foi transformado em um museu de História, atualmente, sendo o ponto turístico mais visitado da França recebendo, em média, 8 milhões de turistas por ano.

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
Jardins do Palácio de Versalhes
        
Conhecemos alguns quartos do Palácio; não todos, pois, segundo o nosso guia, existem 200 programas diferentes de visitação no Palácio. É muita história, e com ela, muita ostentação e riqueza. A cada sala, suspiros de encantamento.
Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
O Palácio de Versalhes era bastante conhecido pela sua ostentação e riqueza. Alguns historiadores lançaram relatórios que estimavam o custo para a manutenção do palácio. Segundo tais relatórios, esses valores chegavam  a consumir 25% do rendimento do governo francês. Porém muitos historiadores discordam desses relatórios, afirmando que esse número seria inflacionado, a fim de aumentar as extravagâncias da família real, levando assim, a uma das causas da Revolução Francesa. 

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Versailles, classificado há mais de 30 anos no Patrimônio Mundial da Humanidade, é uma das mais bonitas realizações das artes francesas do século XVII. A visita do castelo inclui os grandes apartamentos do rei e da rainha, a famosa Galeria dos Espelhos, a Capela Real, a galeria das Batalhas, os apartamentos das Damas e a galeria de História do Castelo.

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes


Quando visitar Versalhes e alguns conselhos para você organizar sua visita

  • Para conhecer realmente Versalhes você precisa de no mínimo um dia inteiro. Mas se não tiver tempo disponível, visite o castelo e os jardins próximos. Foi isto que fizemos. Conhecemos o castelo - com um guia a sua visita ficará mais completa. E andamos pelos jardins - ele é imenso, então conhecemos somente uma parte. Era uma manhã fria de final de outono, com ventos fortes e dia lindo.
  • Não esqueça de usar roupas confortáveis e de acordo com a época da viagem. No palácio tem restaurante e lojinhas, mas leve uma garrafinha de água para o passeio que é imenso.
  • Pesquise se nos locais de visitação pode entrar com mochilas e aproveite muito o seu roteiro!
  • Procure saber sobre o tempo no dia da visita, para que seu passeio nos jardins seja realmente encantador.


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
A Galeria dos Espelhos (Galerie des Glaces) é um dos pontos altos da visita ao Castelo. Louis XIV destruiu seis cômodos dos apartamentos do rei e da rainha para criar esta galeria que deveria imortalizar a glória do soberano.
Inaugurado em 1681, com mais de 73 metros de comprimento, 12,30m de altura,  a sala é iluminada por dezessete janelas que têm a sua frente, espelhos que refletem a vista dos jardins.

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes
Andar nos mesmos aposentos onde passaram o Rei Sol, sua corte, a Madame de Pompadour e Maria Antonieta é algo realmente emocionante. Estar no mesmo lugar onde um povo lutou para mudar a história de seu país e acabou mudando também a história do mundo é de um crescimento pessoal indescritível.

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

 A escada Gabriel é um dos principais acessos aos andares superiores do Palácio de Versalhes, que ganhou sua primeira peça contemporânea em 2013: um lustre desenhado pelos renomados irmãos Ronan e Erwan Bouroullec.
Com 12 metros de altura, a decoração possui 800 cristais Swarovski e 3 mil lâmpadas de LED. Foram necessários três anos para a conclusão da obra. Lembrando correntes, sua flexibilidade gera dinamismo e elegância em um  dos locais mais simbólicos da Europa. Claro que não poderíamos deixar de conhecer e fotografar. É algo imponente e majestoso!

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Confira mais fotos do Palácio de Versalhes e seus jardins. E não perca a oportunidade de conferir nosso Diário de Viagem - Europa 2016! Deixarei os links no final do post!

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes



Diário de Viagem: Palácio de Versalhes


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes



Diário de Viagem: Palácio de Versalhes


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes




Diário de Viagem: Palácio de Versalhes


Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Diário de Viagem: Palácio de Versalhes

Fonte de alguns trechos sobre a história do Palácio: Espaço da História e Conexão Paris


Beijos

Aqui tem mais lugares que conhecemos na Europa - Diário de viagem por Dariane Vale

Chegando em Lisboa, Portugal
Óbidos em Portugal
Santuário de Fátima em Portugal
Lugares para conhecer em Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos – Lisboa
Cascais – Litoral de Lisboa
Sintra- Lisboa
Mérida- Espanha
Toledo, Espanha
Castelo de Chambord
Paris Iluminada