Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha

Continuando o nosso diário de viagem, saímos de Lisboa para Madrid bem cedo. A primeira parada do dia foi na cidade espanhola Mérida, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO devido ao seu importante conjunto arqueológico.
Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha
ponte romana sobre o Rio Guadiana

Mérida foi fundada pelo imperador romano Otávio Augusto em 25 a.C, com o nome de Emerita Augusta. 
Ao chegar na cidade, já é possível observar as ruínas do aqueduto da cidade de Mérida.
Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha


Mérida foi criada para os soldados eméritos formados pelo exército Romano. A cidade foi a capital da província romana de Lusitania. A terminação emeritus significava em latim "retirado" e referia-se aos soldados já reformados que tinham sido condecorados, que se fixaram na cidade.

Inicia-se assim um período de grande esplendor como testemunham os seus magníficos edifícios: O Teatro, o anfiteatro, o circo, os templos, as pontes e os aquedutos.

Durante séculos e até a caída do Império Romano do Ocidente, Mérida foi um importantíssimo centro Jurídico, econômico, militar e cultural.



Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha

O Acueducto de los Milagros- Aqueduto dos Milagres- foi quase todo destruído, restando apenas um trecho de 830 m de comprimento, com altura média de 25 m. Sua idade também é incerta, mas cogita-se que ele tenha sido erguido entre os séculos 1º e 4º d.C. O nome refere-se às qualidades milagrosas atribuídas a sua água pela população local.  


Para mim, um dos mais belos espetáculos da arquitetura já vistos. Que sentimento incrível de estar pertinho de algo tão grandioso, feito por grandes nomes da nossa civilização, e que serviu, de uma certa forma, de contribuição para muitos estudos e projetos atuais.
Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha





Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha
Fizemos um passeio no Trem Turístico de Mérida, que fica ao lado do Museu de Arte - para quem vai à cidade com tempo, vale a visita, mas como o nosso tempo era curto, não entramos nele, somente no trem, que passou pelas principais ruas da cidade, com guia em português (valor 3,50 euros).
Após o passeio, parada para o almoço, com o clássico vinho da casa (este é o vinho Privilegio) e um tapa - tradicional comida espanhola que é como uma "entrada". Na verdade, como eu ainda não conhecia o "tapa", quis experimentar. Já o marido escolheu a carne com salada!


Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha

Diário de Viagem: Conheça Mérida, na Espanha

Veja mais posts desta Eurotrip 2016 - Diário de viagem por Dariane Vale

Chegando em Lisboa, Portugal

Óbidos em Portugal

Santuário de Fátima em Portugal


Beijos!