Como usar a calça de paetês prata

14 de dez de 2018

Como usar a calça de paetês prata

Sei que esta é uma dúvida que paira na mente de muitas pessoas: como usar a calça de paetês prata. Na verdade, a dúvida também está entre como usar peças de paetês em geral.
Primeiro, porque não são todos os paetês que são bonitos, sejamos sinceros.
Nem todos possuem uma peça bem estruturada e forrada, com um excelente caimento.

Inclusive é esta uma das maiores dificuldades quando, como consumidores, queremos comprar uma peça de paetê que seja linda, bem feita e confortável.

Como usar a calça de paetês prata

Como usar a calça de paetês prata


O tecido paetê é elegante, e nesta época de festas e eventos ele é ainda mais procurado.
E, para os mais "antigos" como eu, ele era chamado de lantejoula!

Quem lembra?

Como usar a calça de paetês prata


O nome Paetê = Sequin (inglês) = Sikka (árabe), significa moeda, que serviam pra embelezar as roupas dos Reis e Rainhas. E também para adornar a roupa de ciganos viajantes. Estas "moedas" eram costuradas nas roupas e demonstravam riqueza.
Em algumas culturas elas serviam pra desviar os espíritos malignos, e também evocar a luz do divino. Foi nos EUA, no início do século XX, que os paetês ou lantejoulas foram industrializados e comercializados. Feitas de plástico, elas foram popularizadas em Nova York e eram usados nos espetáculos da Broadway. Os vestidos de lantejoulas surgiram na moda no começo dos anos 40, sendo utilizado em suas criações pela primeira vez por Coco Chanel (fonte: site SEG)

Como usar a calça de paetês prata

Podemos usar a calça de paetês prata em looks mais formais, inclusive durante o dia!

Montei esta proposta de look para um final de tarde. 
Vejam que o blazer e a blusa de malha quebram o ar festivo do paetês, apesar de ter mantido o brilho com o scarpin prateado, trazendo um pouco de seriedade ao look, mantendo uma proposta "executiva fashion" que eu amo!

Como usar a calça de paetês prata

Como usar a calça de paetês prata

Todos os acessórios são prata, e poucos, para destacar a calça.

Dica: para não pesar ou carregar o visual, escolha peças que te deixem à vontade, que valorize o seu visual por completo e de acordo com o ambiente, ok?

Como usar a calça de paetês prata


Criei uma pasta no Pinterest com muitas inspirações de como usar peças de paetês. É só conferir e seguir!

Beijos, com amor!


Moda e Gestão por Dariane Vale
Imagem Corporativa - Liderança executiva - Palestras

Ação e Transformação na vida e imagem pessoal com Propósito+Beleza
www.modaegestao.com.br
Instagram: @modaegestao / @dariane.vale


Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

Programa Eu Faço Cultura e empregados da Caixa oferecem risadas e presentes a 770 crianças do Distrito Federal, atendidas pela ONG Heróis de Verdade. Espetáculo exclusivo para a garotada será nos dias 17 e 18 de dezembro.

Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

Palhaços, cartinhas e apresentação exclusiva na Caixa Cultural marcam o Natal Solidário

A 8ª edição do “Natal Solidário” vai beneficiar crianças de três cidades do Distrito Federal nos dias 16 a 22 de dezembro. Criada em 2011, a iniciativa é fruto da ONG Heróis de Verdade, que existe há 9 anos com a dedicação, apoio e comprometimento de empregados da Matriz da CAIXA, dispostos a doar um pouco de si para tornar realidade os anseios de um mundo melhor.

Dos seis dias de solidariedade, dois serão ainda mais especiais: nos dias 17 e 18 de dezembro, o Programa Eu Faço Cultura vai oferecer um espetáculo teatral para as crianças na Caixa Cultural. Ao todo, 770 ingressos serão oferecidos gratuitamente para a garotada.

Na peça, os palhaços Biliska, Canarinho, Peteleco e Rabisco cantam, fazem mágica e mostram suas habilidades com perna-de-pau e no malabarismo – sempre com a participação do público! Influenciado pelo legado do palhaço Pilombeta (Mestre Zezito, 1949-2006), o espetáculo ajuda ainda a difundir a arte popular circense. 

Além disso, no fim da peça as crianças receberão presentes pedidos em cartinhas de Natal que foram adotadas por empregados da Caixa, um dos momentos mais esperados e gratificantes da ação.

Parceiro do espetáculo, o Programa Eu Faço Cultura aquece o mercado cultural no país e valoriza os artistas locais, por meio da compra de ingressos para shows, cinema e teatro. Todos são disponibilizados gratuitamente em uma plataforma digital para população de baixa renda, alunos de escolas públicas, pessoas com deficiência, idosos e microempreendedores individuais.

Quem quiser resgatar os ingressos e conhecer melhor o programa pode acessar o site: www.eufacocultura.com.br


Natal Solidário 2018 (Caixa Cultural)
Espetáculo teatral e entrega de presentes para crianças carentes
Quando: 17 e 18 de dezembro, das 13h às 18h
Onde: Caixa Cultural – Setor Bancário Sul, quadra 4. Asa Sul
Quanto: de graça
Mais informações sobre o programa: www.eufacocultura.com.br
Mais informações sobre a ONG: heroisdeverdade.org/natalsolidario/

Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília

Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília


No mês de dezembro, desembarca na capital federal uma boa novidade para o público masculino que dá importância ao estilo e reconhece em um bom sapato o protagonista do look.
A JEF abriu as portas da sua primeira franquia com um soft open no shopping Iguatemi. Nascida em 2007 como uma loja multimarcas, a operação passou por um reposicionamento completo e tornou-se, em 2013, uma marca especializada em calçados. 

Com plano estruturado de expansão para 2019, a grife já conta com 14 candidatos de outros estados para abrir mais franquias. Os responsáveis por trazer a marca para o Planalto Central são os brasilienses Alanna Caroline e Jaéder Mendonça. De acordo com os empresários, a JEF tem a cara do público da capital. “A marca possui produtos de personalidade moderna e sofisticada, que temos certeza que combinam muito bem com o público de Brasília”, defende Alanna.

A vontade de trazer um negócio para a capital federal era latente e a franquia JEF foi a escolha dos dois. “O Jaeder já era cliente e sempre se identificou muito com a marca. Em uma das visitas à loja, sondou o vendedor sobre franquias. Por coincidência o processo de expansão estava acontecendo e foi a oportunidade que queríamos para concretizar esse projeto”, conta a empresária.

Posicionada no mercado como uma marca premium, a JEF tem o objetivo de criar experiências únicas aos clientes e os sócios garantem que é isso que o brasiliense vai ter ao alcance das mãos. Ou, no caso, dos pés. “O sapato certo para cada ocasião dá segurança, estilo e demonstra elegância. Os homens estão mais vaidosos e preocupados com isso e a JEF estará presente em Brasília para atendê-los com toda a versatilidade do nosso portfólio”, garante Jaéder. A cada coleção, 200 modelos diferentes são desenvolvidos, entre mocassins, sneackers, sandálias, mules, siders, botas, oxfords e muito mais.

No Brasil, o mercado de moda masculina cresce a cada dia. Nos últimos três anos, o mercado de moda e beleza apresentou forte crescimento, com uma movimentação de aproximadamente R$ 20 bilhões na economia brasileira, segundo dados da Euromonitor International. Ao mesmo tempo, no mercado global, o consumo de moda entre os homens cresce 14% ao ano. E Brasília segue este fluxo. “O mercado de moda da capital está crescendo e todas as grandes marcas nacionais e importadas estão representadas aqui. Viemos para somar e fazer a diferença”, diz o sócio. 

Sobre a marca

A JEF está posicionada no mercado como uma marca premium. Com o objetivo de criar experiências únicas aos clientes, a marca traz como premissas o conforto, a durabilidade e o design 100% autoral. Outro ponto de sucesso é impacto positivo nos relacionamentos com os clientes e todos os envolvidos. “Entendemos que nossas lojas não são apenas um ponto de venda. Acreditamos que são pontos de experiência e vivemos isso diariamente!”, relata Jaéder.

De acordo com um dos donos da label, Hugo Quinderé, o design corre nas veias da equipe de criação. “Aprendemos muito em viagens internacionais, focamos em pesquisas e estudos de estilo e comportamento. Depois de finalizarmos o processo, apresentamos nossa coleção com um estilo totalmente autoral e conquistador”, conta. O processo que resulta no produto acabado é composto por várias etapas, partindo da inspiração, desenvolvimento do design, ajuste do desenho técnico, viabilidade construtiva, matéria prima, pilotagem das amostras e muito mais. 

As peças são feitas artesanalmente e com matérias primas selecionadas para proporcionar muita qualidade e bem-estar. A melhor parte é que, de acordo com Guilherme Quinderé, mesmo seguindo as últimas tendências, a JEF consegue fazer diferente e sair do comum. “A inquietude é características da nossa marca e isso nos movimenta de maneira natural em busca de constante inovação. Nosso slogan representa tudo em que acreditamos, que é estarmos sempre um passo à frente”, explica.


Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília

Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília

Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília

Marca premium de calçados masculinos desembarca em Brasília
DARIANE VALE - MODA E GESTÃO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL