A importância da comunicação na vida pessoal e empresarial




Acredito que saber se comunicar é fator imprescindível a qualquer um que queira se aventurar pelo mundo do empreendedorismo. A comunicação é visceral para o desenvolvimento humano e empresarial.
Incrivelmente, 80% dos problemas corporativos são provenientes de falhas na comunicação, segundo especialistas. Mas vejo nisso um entrave que transcende o ambiente da empresa.
A comunicação é parte do desenvolvimento humano, que por consequência afeta todo tipo de ambiente onde há convivência entre pessoas.
Talvez, seja possível solucionar problemas de convivência comuns na família, no trânsito, na escola, por exemplo. Basta incentivar e desenvolver o domínio da arte da comunicação no ambiente de trabalho.
Começando por nós mesmos.


Dominando a comunicação
Passar uma mensagem clara e objetiva para o ouvinte de forma eficiente, depende de diversos fatores.
Uma conversa deve ser interessante e agradável. Assim é possível atrair a atenção para suas idéias. No entanto, para uma comunicação eficiente isso ainda não basta. Mostrar entusiasmo e interesse pelo outro também são fatores importantes.


Uma boa comunicação envolve:

  • Expor objetivos, metas e planos
  • Adequar a linguagem ao interlocutor
  • Boa postura e entonação
  • Ler muito. Saber falar sobre vários assuntos
  • Falar olhando nos olhos da pessoa
  • Discordar sem ser desagradável. Use perguntas.

A comunicação não é uma competição. Alguns profissionais acham que devem sempre sair ganhando. Comunicação não é discussão. Nunca critique alguém durante uma apresentação ou diálogo.
Os pecados capitais da comunicação
Vale lembrar que para uma conversa eficiente, menos é mais. A boa comunicação não quer dizer que se deve falar e falar sem parar, mas que deve-se dar mais tempo a ouvir o que o outro tem a dizer.


Evite estes erros:

  • Ser o dono da verdade
  • Não ouvir atentamente ao outro
  • Desconhecer as particularidades dos ouvintes
  • Falhas de concordância verbal e nominal
  • Ser chato
  • Desrespeito social
  • Subestimar a inteligência da outra pessoa
  • Usar termos técnicos desconhecidos
  • Gesticular demais
  • Tocar fisicamente o outro com frequência
  • Monopolizar a palavra
  • Usar frases de duplo sentido
  • Abusar da ironia
  • Ter atitudes preconceituosas
  • Criticar cruelmente e sem função
  • Grosseria ou agressividade
  • Arrogância, falar bem de si mesmo
  • Mostrar superioridade
  • Envenenar o ambiente com mau humor
  • Gozações e brincadeiras de mau gosto

Transformando palavras em ímãs
Segundo o consultor Carlos Hilsdorf, três coisas tornam uma conversa cativante: o tema, as pessoas e o relacionamento entre elas.
Assim, a melhor estratégia para uma comunicação eficiente é procurar um tema atraente para falar com pessoas interessantes e estabelecer com elas uma atmosfera agradável de compartilhamento e respeito.
Concentre-se na pessoa e lembre-se de que ela é o assunto preferido dela mesma. Fale em forma de perguntas que abram o caminho para conhecê-la melhor e achar pontos de interesse em comum.


Nunca esqueça de:

  • Sorrir sempre para os outros
  • Elogiar com honestidade
  • Agradecer é primordial
  • “Descobrir” o outro e ver suas qualidades
  • Cooperar e construir junto
  • Perguntar sem bisbilhotar. Interessado no outro.
  • Compreender e depois ser compreendido.
Texto de Roberto Machado