Meu emagrecimento: 1 ano e 6 meses depois do "Start"

Nossa vida é uma caixa de surpresas!! Aquilo que falam "o amanhã não nos pertence" é correto, mas mais correto ainda é "o amanhã é a gente quem faz"! Falo isso com relação ao corpo. Sim, podemos mudá-lo, e isso exige muita, muita disciplina e força de vontade. 
Quando criança, me chamavam de "tartaruga touchê", aquela do desenho animado: baixinha e gordinha.
Fui crescendo, sempre com o corpo mais gordinho. Trabalhei, estudei, e, em 2008 fiz uma reeducação alimentar, na qual consegui perder 12 quilos. Estava na faculdade e trabalhava o dia inteiro. Consegui manter o peso por um tempo mas logo recuperei, já que estava cuidando somente da alimentação mas não praticava exercícios. Consegui uma brechinha no dia, então ia para academia na hora do almoço, mas acabei descuidando da alimentação. Tomava cerveja e comia tudo o que engorda!!
Até que em 2013 me vi realmente acima do peso (tenho 1,60m) e já estava passando do tamanho 42, mesmo sendo frequentadora assídua de academia. 
Sabia que o problema era a alimentação! Não podemos negar que a alimentação é a principal aliada para quem quer perder os quilos que incomodam. 
Conheço muita gente, amigas lindas, que são felizes gordinhas, mas eu não estava satisfeita. Precisava mudar, e sabia de tudo o que poderia vir em consequencia desta decisão. 
Procurei um nutricionista e personal trainer que fez toda a análise corporal (exames de sangue e etc) para prescrever uma dieta específica para mim. Ele também passou o treino, que é bem diferente do que eu costumava fazer (e não obtia resultados). 
Isto foi em Maio/2013, logo após uma viagem de 1 mês aos EUA.

Usei este look no início do ano passado (janeiro de 2013). A diferença é perceptível principalmente no rosto.

As primeiras semanas de reeducação e treino são difíceis. Contei com o apoio principalmente do meu marido, que me deu forças e me encorajou a seguir em frente a cada dia. É um projeto caro, não podemos negar. Foi necessário abrir mão de muitos desejos e vontades (não só de comida, mas na questão de consumo) para chegar até aqui. Novos hábitos, inclusive o de sair com a lancheirinha com toda a alimentação do dia. BASTA QUERER!

Neste período, contei com a ajuda da Arranjos Express, empresa de customização de roupas que, com muito carinho, fez um trabalho lindo apertando várias peças (acompanhe aqui algumas que consertamos). Muitas peças foram doadas e, claro, aos poucos vou adquirindo novas peças, inclusive para treinos, para arrasar com o novo shape.

Continuo fazendo todos os treinos e dietas prescritos, não tão rígidos como antes, mas o novo estilo de vida se tornou um hábito. Hoje eu sei o que posso comer, e a quantidade necessária. Se passar disso, o corpo reage. Retorno em média a cada 3 meses para novas avaliações. Passei a admirar muito mais o trabalho de nutricionistas e educadores físicos - por isso a importância de procurar ajuda profissional em qualquer área que queremos ter tranformações ótimas na nossa vida. Estes profissionais ajudam e dão a orientação correta para obter os resultados esperados. Claro que a disciplina é sua, o resultado é seu, e não dependerá de nenhum profissional para isso, somente de VOCÊ.

Agora a foto com a mesma peça:





São 20% a menos de massa corporal (mais conhecida como massa gorda).

Nunca é tarde para começar, seja qualquer projeto. O importante é começar. Pode ser clichê, mas dê uma chance se você acha que precisa tentar algo novo, se precisa de uma mudança não só na sua imagem física, mas também a sua mudança emocional, afinal, equilíbrio é tudo nesta vida. É ele quem nos possibilita alcançar a vitória sem fraquejar, superar os desafios e cumprir todos os objetivos e metas projetados.

Agora vamos à foto!!!!! Quero que vejam a real diferença que tem estes 20% que foram expulsos:



Espero poder ajudar contando um pouco da minha história. E é de coração. Beijos e beijos, e vai lá no nosso instagram que sempre tem dicas legais, todos os dias!!!!!