Livre-se dos excessos – Cartões de Visita


“Rodeado apenas do que ama, você se tornará mais feliz e motivado e criar o estilo de vida com que sempre sonhou”. Marie Kondo

Livre-se dos excessos – Cartões de Visita
fonte da foto

Este é um pequeno pedaço do livro que falei no post anterior, A Mágica da Arrumação.

Espaço limpo e amplo, encontrar contatos facilmente e dados organizados e atualizados. Precisamos disto na época atual para agilizar nosso serviço, a nossa vida.

Hoje vou contar algo simples que aprendi com o livro e que está fazendo muita diferença no meu dia a dia.

Sempre que vou aos encontros de negócios, ou lançamentos de coleção, ou em qualquer outro evento onde eu conheça pessoas, é habitual a troca de cartões e estou sempre com eles na bolsa. Muitas pessoas nem fazem mais esta troca, já adicionam o contato ao facebook ou no whatsapp. Mas eu ainda prefiro esta troca para, depois, entrar no site, olhar o perfil, e analisar se esta pessoa pode acrescentar algo ao meu trabalho ou vice-versa.

Sempre guardei muitos cartões de visita. Conhecem aqueles porta cartões de couro, com separações internas de plástico? Eu tinha um lotado, transbordando cartões. Mas em vários anos que estavam guardados no armário do escritório, sabem quantas vezes eu o consultei? Nenhuma.

Sem apegos, ele foi descartado na minha arrumação. Claro que antes eu já havia adicionado todos numa planilha do meu computador  (uso o Excel).

Livre-se dos excessos – Cartões de Visita


E assim foi com todos que estavam não somente nesta caixa, mas na mesa, dentro de revistas, livros ou ainda na bolsa. 

Creio que o ato de entregar e receber cartões é extremamente sério: ali podemos criar conexões e conversar olho no olho. O mundo dos negócios exige não somente a apresentação pessoal, mas postura e o feeling da conversa, o modo de se expressar naquele momento podem ser os grandes responsáveis pelo sucesso do network. 

Como o momento mais importante já aconteceu, o que fazer quando chegar ao escritório (ou em casa)? Se deixarmos ali, jogados, nada irá acontecer – não existe “osmose de cartão de visita”.

O que fazer então?

Vamos aos passos (todos testados por mim):

1. Guardar todos os cartões. Se você for a mais de um evento no mesmo dia, escreva atrás de cada um em qual ocasião pegou aquele cartão – esta dica é somente para grandes eventos, ok?

2. Tabelar. Eu faço por “nicho de empresa” para facilitar a procura depois.

3. Manter contato. Enviar um email, whatsapp ou até mesmo ligar – mantenha um contato inicial e esteja realmente à disposição se te responderem pedindo uma reunião. 

4. Guarde o nome do contato – eu sou péssima nisso, então tento me policiar. Quando chamamos a pessoa pelo nome é muito mais marcante, então, já comece a falar o nome dela na conversação inicial.

Com as novas tecnologias, podemos também fotografar os cartões e criar uma planilha no próprio celular – ainda não testei pois já tenho muita informação nele e prefiro o meu computador, até para facilitara a leitura e o envio de e-mails. Existe o aplicativo Evernote, que também pode ser muito útil na sua organização.

Finalizando, o grande segredo da organização no escritório e dos nossos inúmeros papeis: jogue fora depois de seguir todos estes passos!

Livre-se dos excessos – Cartões de Visita

Tenho certeza que você manterá bons contatos e relacionamentos, será bem lembrado (lembre-se de cuidar sempre da sua imagem pessoal) e terá uma bela lista de contatos atualizada sempre!!

Beijos, amores