Brasília recebe universidades americanas em evento de educação internacional gratuito


Feira EducationUSA reunirá renomadas instituições americanas com cursos de graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado e inglês intensivo 
O Brasil está em 10º lugar na lista de países que enviam mais alunos para os Estados Unidos. De acordo com dados do Open Doors Report, há cerca de 13 mil brasileiros estudando nos EUA em cursos de graduação, mestrado, doutorado, cursos de curta duração e outros. Para quem sonha em trilhar uma carreira internacional, no dia 29 de agosto, acontece em Brasília, uma nova edição da feira EducationUSA. O evento é realizado anualmente e permite que representantes de universidades americanas apresentem aos interessados programas de graduação, pós-graduação, cursos de inglês e cursos de curta duração.

Durante a feira EducationUSA, universidades norte-americanas apresentarão as opções de cursos e seus processos de admissão. Na ocasião, a equipe do EducationUSA, órgão responsável pelo projeto, também irá tirar dúvidas sobre os programas de estudo.

Visitantes poderão ainda obter informações precisas e detalhadas sobre processos e requisitos de admissão, custos e opções de financiamento e bolsas de estudos diretamente com os representantes das universidades americanas responsáveis pela admissão de alunos em cada instituição. Haverá também palestras sobre o sistema educacional norte-americano, os processos de admissão à graduação e à pós-graduação, auxílio financeiro, exames exigidos e os procedimentos para a obtenção de visto para estudantes.

O diferencial do evento é a possibilidade de estudantes estarem diretamente em contato com os representantes das instituições de ensino americana. De acordo com Guilherme Viana, coordenador geral do órgão EducationUSA em Brasília, a feira é uma grande oportunidade para quem deseja obter o caminho completo para estudar nos Estados Unidos.

“Como em todos os anos, aguardamos um grande público. Observamos que a cada edição, mais e mais pessoas buscam oportunidades de estudo fora do país e os EUA são a preferência de muita gente, pela qualidade e variedade das instituições de ensino que estão disponíveis. Temos certeza que será uma ótima oportunidade para estudantes e profissionais de todo o Distrito Federal e região”, destaca Guilherme.
Alunos com o passaporte na mão 

Sthefany Dutra de 19 anos de Brasília acaba de ser aprovada para na Babson College e irá estudar ‘Business’. A jovem conta que a orientação que recebeu do EducationUSA e também ter participado das feiras foi essencial para que estivesse totalmente preparada para esta nova etapa.

“A orientação do EducationUSA é muito importante, pois sem a ajuda de um ‘adviser’ eu não teria conseguido alcançar um resultado satisfatório durante o processo. Eles traduzem todos documentos, se encarregam de pegar informações com as universidades e ainda auxiliam com todas as cartas de recomendação. Além de terem me fornecido livros para que eu pudesse me preparar para as provas. Esse apoio é muito importante”, comenta Sthefany.

Outra jovem aprovada no Distrito Federal é a Amanda Almeida que irá estudar Enfermagem em uma Community College. A estudante ressalta que sempre sonhou em estudar nos Estados Unidos e que a ajuda que recebeu do EducationUSA foi primordial para que ela não desistisse desse sonho.

“Eles me deram total apoio e atenção até que eu me sentisse segura e preparada. Sei o quanto os jovens sonham com uma oportunidade como essa e só tenho a agradecer por todo o preparo que tive. Recomendo a todos os jovens a conhecer a feira do EducationUSA, pois com certeza pode ser o primeiro passo para quem quer estudar nos Estados Unidos”, conta Amanda.

Brasil é o país da América do Sul que mais envia estudantes para os EUA!

De acordo com um relatório do Student and Exchange Visitor Program (SEVP), do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos (U.S. Department of Homeland Security), o número de jovens sul-americanos estudando nos EUA cresceu 4,3% de março de 2017 a março de 2018! E, da região, o Brasil é o país com maior índice: 13,1%.

Essa migração deve-se à necessidade maior que os estudantes estão tendo de ampliar sua formação profissional e acadêmica. Aliado a isso, está o desejo de melhorar a qualidade de vida, e principalmente a recessão econômica que o Brasil tem enfrentado.

Universidades presentes: Arcadia University, College of Central Florida, Florida International University, Foothill and De Anza Colleges, George Washington University
NYU School of Professional Studies, Pace University, Pittsburg State University, Temple University, Texas Christian University, The University of Akron, The University of Alabama, The State University of New York at Buffalo, University of California, Santa Cruz, University of Colorado Denver, University of Evansville, University of Florida, University of Missouri, University of North Carolina Wilmington, Valencia College e Virginia Tech.
 
Sobre o EducationUSA

O EducationUSA
 é o órgão oficial do governo norte-americano para estudos nos Estados Unidos. Os centros EducationUSA estão presentes em mais de 400 escritórios representando cerca de 170 países. Somente no Brasil disponibiliza mais de 29 escritórios em instituições parceiras.

*informações enviadas pela assessoria de imprensa