Seu negócio: Inteligência Emocional no Trabalho



Tempo de leitura: 1:39

Seu negócio: Inteligência Emocional no Trabalho

A maioria de nós já teve algum tipo de aborrecimento no local de trabalho relacionado ao convívio diário. O comportamento impróprio para com os colegas de trabalho - isto é, o mal hábito - normalmente decorre de uma série de fatores: o aumento da carga de trabalho, resultando em estresse e medo, o desejo de vencer a qualquer custo, e insensibilidade para com as necessidades dos outros. Podemos resumir tudo isto como falta de respeito com os colegas. Já viu (ou viveu) alguma situação assim? 

Um dos trabalhos de coaching pessoal e para negócios é trabalhar este lado dos profissionais. A grande maioria destes gestores nem sequer tem conhecimento de que suas ações são inapropriadas para o concorrido mercado de trabalho atual.

A boa notícia é que uma contra-tendência esperançosa está emergindo: o surgimento de uma maior ênfase na inteligência emocional no local de trabalho

Inteligência Emocional é a capacidade de reconhecer tanto suas emoções e as dos outros, e usar essa informação como um guia comportamental.

O conceito de Inteligência Emocional não tem muitos anos, mas o seu valor foi estimulado pela nova força de trabalho, especialmente pela geração Millennials. Os funcionários querem se sentir compreendidos, apreciados e respeitados no trabalho. Um líder emocionalmente inteligente vai satisfazer estas necessidades. Não é nenhum segredo que as organizações que fomentam altos níveis de Inteligência Emocional têm funcionários mais engajados e produtivos.

Ser emocionalmente inteligente não significa que você é tranquilo: significa que você tem níveis mais elevados de autoconhecimento e autocontrole. Significa que você tem empatia e capacidade de interagir eficazmente com os outros.

Inteligência Emocional pode ser ensinada?

Absolutamente, mas como acontece com qualquer habilidade, deve haver um desejo por parte do funcionário. As pessoas que querem melhorar substituindo um mau hábito por um bom são suscetíveis a ter maior sucesso na mudança.

O "porque" que motiva tal mudança é um desejo interno ou intrínseco. 

Quando as pessoas pensam que têm que mudar, a motivação é extrínseca, em vez de intrínseco. Se o seu trabalho paira sobre o fio de uma mudança de comportamento, que você pode ser conduzido extrinsecamente para fazer a mudança, você vai fazê-lo porque você tem que fazer, mas o impacto da mudança será menos eficaz, porque vai requerer muito mais esforço.

Autoconhecimento é o ponto de partida para a mudança. Se você não possuir uma compreensão razoável do seu comportamento, é difícil fazer uma mudança. 

Muitos profissionais não estão conscientes do seu comportamento porque já está tão enraizado e porque poucas pessoas o fazem perceber tal comportamento. Mesmo os executivos frustrados que estão dolorosamente conscientes das repercussões de tais gerentes não são tão diretos como deveriam ser quando entregam o feedback.

No mundo empresarial de hoje, os líderes que entendem o valor da Inteligência Emocional tornarão obsoletos os chefes que não sabem lidar com a mesma. 

Dicas para construir autoconsciência

  1. Mantenha anotações sobre como você reage em situações estressantes no trabalho. Reveja-os com um amigo ou um colega de confiança e peça feedback.
  2. Preste atenção ao impacto que seu comportamento tem sobre os outros.
  3. Compare os seus padrões de comportamento no trabalho com os que estão em casa para determinar a consistência.
  4. Depois de ter refletido em seu comportamento, peça um feedback ao seu amigo de confiança e realmente escute-o.
  5. Escolha um aspecto para trabalhar neste momento, e procure realmente fazer uma pequena mudança. Quando estiver pronto, selecione uma outra área e repita.

Texto com adaptações de Lisa Aldisert

Seu crescimento e desenvolvimento pessoal será muito maior quando aplicadas estas técnicas.
Seja um excelente líder da sua vida, do seu negócio, do seu comportamento. Somente você pode ser o melhor!

Até logo com a nossa coluna Seu Negócio!
Beijos 

Inteligência Emocional no TrabalhoConheça as nossas redes sociais:

Instagram: @modaegestao
Youtube: Dariane Vale
Periscope: Dariane Vale
Snapchat: Dariane.Vale
Pinterest: Moda e Gestão
LinkedIn: Dariane Vale