Tendências de cores para 2016-2017


As grandes empresas seguem o que dita o Instituto Pantone, o guardião das tendências de cor à escala global.
Segundo a empresa, são 10 os tons que vão pintar o outono-inverno 2016/2017 e a passarela das semanas internacionais de moda.
Podemos aguardar para a estação fria cores calmas, como o azul (em dois tons) e o cinzento, contrabalançando o stress de um cotidiano cada vez mais agitado. Ainda assim, há ordem para celebrar e o vermelho merece destaque.


O relatório bianual do Pantone Color Institute, divulgado a cada temporada no primeiro dia da Semana de Moda de Nova Iorque, destaca, para a próxima estação fria, cores que mantêm um diálogo com as tendências da primavera-verão 2016, introduzindo, porém, tons completamente novos no universo do instituto. "Se olharmos para a paleta de cores desta estação, a ideia de azuis reconfortantes volta a surgir no topo da lista, o que mostra que as pessoas continuam à procura de um “ressurgimento”", revela Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute, em comunicado.

Tendências de cores para 2016-2017
O instituto apresenta no relatório de tendências a cor azul, que considera representar o "equilíbrio". O Riverside (17-4028) apresenta-se como um tom mais carregado e foi incluído nas coleções de Rebecca Minkoff, Lela Rose, Theia, Alice & Trixie, David Hart e M. Patmos.

Os azuis são complementados com neutros – como o cinza Sharkskin (pele de tubarão), mas também com cores fortes, como o Aurora Red (um vermelho vibrante) e o rosa-púrpura Bodacious. Os principais temas do mais recente relatório de tendências de cor do Pantone são, de acordo com Eiseman, "a estabilidade e a confiança".

A cor Warm Taupe (16-1318) surge como o neutro em destaque, em coleções como a de Iris Von Arnim, na qual fica lado a lado com castanhos e outros tons cremosos. O Pantone sublinha ainda a capacidade desta complementar as outras 9 presentes no relatório.


As similaridades entre as tendências de cor das duas estações não se esgota nos tons azuis, sendo que as referências à natureza voltam a ter impacto na paleta.

O Pantone Color Institute questionou 21 designers acerca das suas escolhas para a próxima estação fria. 
No outono-inverno 2016/2017, o Aurora Red (18-1550) domina a coleção de marcas como Christian Siriano e Bibhu Mohapatra. Já o Warm Taupe (16-1318) emerge como o neutro em destaque, em coleções como a de Iris Von Arnim, na qual surge ao lado de castanhos e outros tons cremosos. O Pantone sublinha ainda a capacidade desta complementar as outras 9 presentes no relatório. O verde Lush Meadow (18-5845) é um chamamento da natureza e surge em força na coleção da Tadashi Shoji.
2016 pode ser o ano do Rosa Quartzo, mas o Dusty Cedar (18-1630) apresenta-se em todo o seu esplendor na coleção da Rachel Pally. O tom mais envelhecido do rosa pode surgir sozinho ou acompanhado. Também à procura da calma que simbolicamente domina a paleta da temporada fria de 2016, surge o Potter’s Clay (18-1340). A fusão do castanho com o laranja surge nas propostas da Kung Katherine.
O Pantone considera que a cor Bodacious (17-3240), uma alternativa mais profunda do que a cor do ano 2014, Radiant Orchid, sublinha a paleta de gênero neutro que se tem visto nas passarelas nas últimas temporadas de moda. 
A cor Spicy Mustard (14-0952) volta a citar a importância de uma sombra de amarelo nos coordenados da estação fria. A dupla de designers Charles Borg e Ron van Maarschalkerweerd incluíram a tonalidade nas propostas da marca Charles & Ron.
Outro neutro em alta, o Sharkskin (17-3914), combina sem esforço com um espectro de cor que começa nos tons mais vibrantes e termina nos mais suaves. Destacado em coleções como as da marca Nicholas K, Max ‘n Chester e Quinn, o cinzento nunca esteve tão “in”.
O instituto eleva ainda no seu relatório de tendências a cor azul, que considera representar o «equilíbrio». O Riverside (17-4028) apresenta-se como um tom mais carregado e foi incluído nas coleções de Rebecca Minkoff, Lela Rose, Theia, Alice & Trixie, David Hart e M. Patmos. Já o Airy Blue (14-4122), um tom mais claro e mais próximo da segunda cor do ano azul, a Serenity, surge sozinho ou combinado com o Riverside, em coleções de marcas como Nicole Miller, Yoana Baraschi ou Noon by Noor.

Sem dúvida, as cores são encantadoras. No nosso país tropical, o charme e a elegância fazem contraste com as cores e elevam ainda mais a beleza da mulher (e do homem) brasileiros.

Beijos, amores!

Fonte: Refinery 29