{Empreendedorismo} As lições de Steve Jobs - Parte 2

Lições de Steve Jobs
Olá queridos!! Continuando as nossas lições de Steve Jobs (leia a primeira parte aqui), traremos mais alguns tópicos do livro “A cabeça de Steve Jobs”.
Seja fortalecido com estas lições!! E eu desejo de coração que o empreendedor brasileiro não se limite, tenha fé, força e determinação para não desistir (eu me inclui na lista!).

       1.   Não tenha medo de começar do zero. Valeu a pena refazer o Mac OS            X, mesmo à custa do trabalho de mil programadores durante três anos a            fio.
2.   Evite o efeito Osborne. Mantenha em segredo os lançamentos até que estejam prontos para serem vendidos, sob pena de ver seus compradores pararem de comprar o produto atual enquanto esperam o novo.
3. Não cuspa no prato em que come. Os engenheiros da Apple detestavam o velho Mac OS, mas Job determinou que olhassem para ele de forma positiva.
4.   Quando se trata de ideias, qualquer coisa vale. Job não é partidário dos designs radicais, mas está disposto a experimentar coisas novas.
5.   Encontre uma maneira fácil de apresentar novas ideias. Se isso significa espalhar folhas de papel sobre uma grande mesa de reuniões, arranje uma impressora grande.
6.   Não ouça os compradores. Eles não sabem o que querem.
7.  Não faça concessões. A obsessão de Jobs pela excelência criou um singular processo de desenvolvimento que gera produtos verdadeiramente incríveis.
8.   Design é função, e não forma. Para Jobs, o design é a maneira pela qual o produto funciona.
9.   Troque ideias. É durante o processo de design que Jobs compreende, por inteiro, a forma de funcionamento do produto.
10. Inclua todo mundo. O design não é só para os designers. Engenheiros, programadores e profissionais de marketing podem ajudar a descobrir como um produto funciona.
11.   Evite um processo sequencial. Jobs faz com que os protótipos dos produtos circulem constantemente entre as equipes, não apenas de uma equipe para outra.
12.    Gere e teste. Use o método de tentativa e erro - criar e editar - para gerar um número “vergonhoso” de soluções a fim de selecionar uma única solução.
13.   Não force. Jobs não tenta, de forma consciente, desenhar um produto “amigável”. A “amigabilidade” surge no processo de design.

Uma ótima semana para você, e acompanhe as próximas lições de Steve Jobs aqui, na próxima semana! Beijos!
Conheça a nossa loja virtual

Conheça nosso instagram

Conheça os nossos serviços!


Livro: A Cabeça de Steve Jobs
Autor: Leander Kahney
Editora: Agir (Texto de Espaço ERP)