Redes sociais x marketing pessoal

Vivemos num mundo onde as redes sociais assumem um papel de destaque cada vez maior. Estes meios são, mais do que nunca e independente de faixa etária ou classe social, essenciais a todos. Podemos e devemos aproveitar as vantagens destas ferramentas a nosso favor, para fazer marketing pessoal, por exemplo.
Assim como as redes sociais o assunto marketing pessoal não é novidade para ninguém. A relação entre os dois é que não é muito bem compreendida por muitos profissionais, que acham que, para ter destaque no mercado de trabalho, basta estar nessas mídias.
No entanto, o simples fato de se inscrever e editar um perfil em algum site de relacionamento não quer dizer que você realmente “está” lá. Não basta ter um perfil. Para que o marketing pessoal proporcione efeitos positivos, você deve ser atuante dentro dessas redes.


O indivíduo deve mostrar suas habilidades e experiências, aspirações profissionais e o que está fazendo para alcançá-las. Porém, não basta apenas sair postando tudo que pensa a cada quinze minutos. A qualidade do que você publica reflete na imagem que será apresentada.
Tratar o conteúdo com seriedade não quer dizer que você tenha que falar apenas de trabalho. Assuntos dinâmicos também podem garantir algo interessante, basta selecionar e saber se posicionar nas redes. Esta é uma das inúmeras estratégias para elevar seu destaque no mercado.
Ao usar a internet a seu favor, as ações para incrementar o marketing pessoal tornam-se bem mais eficientes. O poder das redes sociais expande a voz e divulga o perfil profissional para todo o mundo. Por isso, cuidar da sua rede é fundamental.