Como usar o marketing de influência no seu negócio

10 de jul de 2019



Todo mundo sabe que os influenciadores se consolidam cada dia mais como mídia e tem um grande poder de criar diálogos com as suas comunidades. Eles conseguem criar uma conexão, um reconhecimento do público, que gera burburinhos e movimenta a economia. 

QUE VER ESTE CONTEÚDO NO INSTAGRAM? 
VEJA AQUI
No meio de todo este crescimento de influencers, tanto as marcas quanto os influenciadores travam uma árdua batalha para não se perderem no meio do caminho. São tantos conteúdos, além dos patrocinados, que as pessoas se perguntam com mais frequência sobre o que é autentico e o que não é; sobre o que é publipost ou o que não é. 

Se você tem uma marca ou é gestor de marcas, existem alguns pontos cruciais que separam uma estratégia bem desenhada daquelas que só vão te fazer jogar dinheiro fora e muitas vezes não dar credibilidade ao influencer. 

Para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve. Esta é a síndrome da Alice. Então, tenha clareza em relação à sua marca, ao seu público, e a partir daí você trabalha as estratégias com o marketing de influencia. 

Defina o porque antes de escolher QUEM. Este QUEM irá te representar, representar a sua marca. Lembre-se que é importante haver a sinergia entre eles: influenciador, marca e objetivo. 

E aqui fica uma dica para as assessorias que contratam os influenciadores para as marcas: PESQUISE-OS! Saibam o que eles postam, o que eles gostam, o que eles usam, falam e todo o seu estilo de vida. Isso faz parte da ESTRATEGIA DE SUCESSO! 

E aqui mais uma dica valiosa: esqueça os números de seguidores, os likes, as fórmulas milagrosas: saiba exatamente se ele tem a ver com o seu consumidor. 

Te falo com total conhecimento de causa: hoje tenho 9 anos de blog, e hoje é a minha vitrine, mas gero muito mais conteúdo aqui no IGTV pela rapidez das informações e dos fatos. Hoje conto com mais de 10 parceiros que mostro sempre; que fazem parte do meu lifestyle. 

No final de junho, a blogger Camila Coutinho fez um stories falando sobre isto, que também virou IGTV, acredito que pelos resultados que ela teve com o seu posicionamento. Eu anotei algumas palavras delas; concordo com algumas e discordo de outras. 

Vou falar agora e também vou dizer o que penso a respeito. 

1. As marcas devem perguntar se a pessoa gostaria de receber o seu presente. Discordo. Acho que se um influenciador foi “escolhido” pela marca, é sinal de que ela já sabe do seu lifestyle. Ela manda e pronto. O influenciador não deve ser o “chato” que está “nadando” em recebidos que não pode mostrar. 

2. Observar o estilo pessoal pra definir que peça mandar. Concordo e isto, inclusive, complementa a primeira afirmação dela. 

3. Atenção na embalagem: CONCORDO demais! Quanto mais funcionalidade, melhor!!! 

4. Ela diz que uma marca de maquiagem não deve mandar TODAS AS CORES JÁ QUE ELA NÃO É MAQUIADORA!! CONCORDO EM PARTES. Se ela faz RESENHA de tais produtos, é super importante ela mostrar todas as cores que a marca tem, porque isto irá abranger um grande público. Agora, se ela é USUÁRIA e mostra e USA recebidos – assim com o eu, é logico que a marca deve mandar a cor da influencer! Daí cabe à assessoria da marca identificar estes detalhes, não é? 


Como usar o marketing de influência no seu negócio

Voltando ao nosso assunto central, ao fechar uma parceria com influenciador, pense no longo prazo. Parcerias continuas refletem AUTENTICIDADE. Mais uma vez digo que sou exemplo do que eu falo: tenho parcerias de mais de 5 anos que dão muito, muito certo! É o que sempre falo: crie vínculos!!! Vá além do post. Isto mostrará autenticidade, tanto da “alma” da marca quanto do influenciador. 

A Julia Petit lançou a sua marca recentemente (A marca Salvve), e em uma entrevista ela diz que chamaram vários influenciadores de varias áreas, mas que tinham a “alma” do negocio dela, que participara, inclusive, de todo o processo da marca. Eles não apenas estiveram no dia lançamento, eles fazem parte do negocio. Acho isto muito importante para a credibilidade da marca junto ao publico que acompanha estes influenciadores. 

A real é que: Quanto menos se parecer com uma propaganda, mais se vende. 

E lembre-se: não existe o certo ou o errado. Existe o que funciona para você, ou não. Só não deixe de seguir o que te falei no inicio: defina o por que. 


Se você gostou desse vídeo, marque os amigos, compartilhe! E te convido a seguir o meu perfil no instagram ou no youtube, caso você esteja assistindo aqui. 

Espero, de coração, que estas dicas te direcionem nas suas próximas estratégias de marketing com influenciadores! Sucesso!!! 




·              Se você deseja aprender e aprimorar o seu estilo, com foco no seu business, temos uma consultoria voltada para o alinhamento de imagem pessoal + business + branding.

·              Envie um email para dariane@modaegestao.com.br que responderei com o roteiro de trabalho e todos os tópicos abordados nesta consultoria exclusiva Moda e Gestão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Conheça nossas redes sociais:
www.instagram.com/modaegestao
www.facebook.com/modaegestao
www.youtube.com/darianevale

DARIANE VALE - MODA E GESTÃO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL