Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

3 de ago de 2018

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo




Dia 24/6 
Valência/ Barcelona

Valência é uma das cidades mais antigas da Espanha, fundada em 139 a.C. De todas as cidades que passamos até agora, ela foi a mais surpreendente pela junção do contemporâneo e o antigo.

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Um complexo arquitetônico criado pelo mesmo arquiteto do Museu do Amanhã, Santiago Calatrava, no RJ, traz a elegância da modernidade à Cidade das Artes e Ciências. Espelhos d’água, saídas de ar de formas diferenciadas e azulejos são alguns detalhes que traduzem uma geometria única e encantadora.

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo
Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência é uma cidade com mais de 2 mil anos de história. Foi fundada pelos romanos no ano de 138 a.c, quando Roma decidiu instalar soldados aposentados na região. A cidade se chamava Valentia. Com a queda do Império Romano a cidade foi parar nas mãos dos visigodos, no ano 718 passou ao domínio muçulmano. Em 1238 Jaime I, rei da coroa de Aragão, conquistou Valência que passou a ser parte do reino aragonés-catalão (fonte: Sol de Barcelona).

Conhecemos a Catedral, a Basílica, e pudemos ver  as ruínas da antiga cidade romana, que fica no subsolo protegida por um espelho d’água. Algumas paredes da muralha árabe do sec.XI podem ser vistas em locais da cidade, como numa padaria na cidade histórica.

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo
La Casa de Les Roque

La casa de Les Roque (Museu del Corpus) é um museu datado de 1435 onde ficam os carros alegóricos que saem às ruas na Semana Santa. Contam a história entre o bem e mal, com representações de anjos, animais e santos. Também tem os bonecos gigantes, que lembram as festas juninas no nosso Nordeste.

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

La Lonja da Seda é um edifício patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. O local recebe este nome pois recebia os mercadores da seda que faziam negócios. Um lugar lindo, com um teto de madeira sensacional e colunas.

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

E como Valência produz o melhor arroz da Espanha, não poderíamos deixar de comer a paejja valenciana, uma delicia com arroz e carne de frango e coelho (paejja=panela). Também provamos o vinho valenciano, da uva bobal, no restaurante de uma brasileira indicado pela guia, que nos presenteou com um licor delicioso chamado Mistela, de uvas da região.
Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo
marido tomou o vinho, eu optei pela cerveja

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo

Valência e a junção perfeita entre o contemporâneo e o antigo
entradas

Valência fica na costa Mediterrânea, imagine a beleza de uma cidade como esta!
DARIANE VALE - MODA E GESTÃO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL