Como ser valorizado no mercado através da postura e imagem pessoal

Como ser valorizado no mercado através da postura e imagem pessoal

Observando as pessoas que cruzam conosco todos os dias, percebo o quanto a postura corporal é importante. Pare em frente a uma vitrine e observe: como está sua coluna? Ela está reta? Qual a imagem que você vê? Se fosse você o reflexo do vidro, estaria vendo uma imagem que transmite confiança?

Postura e imagem corporal são aliadas, e contam muitos pontos no seu relacionamento diário, seja pessoal ou empresarial.

Seguindo algumas dicas do site Dicas Profissionais, sua busca por emprego, ou para alinhar-se no mercado de trabalho, você pode transformar detalhes que fazem toda a diferença na sua imagem e postura pessoal!

Se há uma coisa com a qual a gente deve se preocupar tanto na busca de uma vaga de emprego ou para manter-se no mercado de trabalho, é com a imagem pessoal. Para te ajudar a fazer uma avaliação de como você cuida da sua imagem, separamos algumas dicas que devem ser lembradas:

Apresentação pessoal. Você tem que estar sempre apresentável, com aparência de higiene (homem com barba feita, mulher penteada, pelo menos), vestimenta adequada e limpa. Se você for uma pessoa apresentável terá sempre alguém, um amigo, um parente, um professor, para indicar você para alguma vaga de trabalho. Um candidato apresentável agrada um recrutador. Um profissional apresentável será sempre bem-vindo em qualquer momento e lugar.

Comunicação. É importante manter um nível de comunicação falada e escrita em um nível adequado. Não é bom deixar alguém reclamar da sua forma de se comunicar com os contatos externos de sua empresa, com os seus superiores e colegas de trabalho. Não importa a sua condição social, onde você mora, lembre-se que deve haver sempre um respeito com as demais pessoas, tratando-as com respeito, de forma adequada. Uma frase bíblica diz muito: a boca fala do que o coração está cheio, portanto, resumindo, se o seu coração (e mente) estiver bem, as suas palavras serão sempre cheias de conteúdo e sabedoria. As pessoas gostam de quem irradia simpatia e sabedoria.

Postura. Quando se fala em postura, deve-se pensar em diversos fatores. Respeito é um deles. Um profissional tem que saber acatar os valores da sua empresa, respeitando normas, códigos de trabalho, horários, disciplina, sabendo usar os bens e valores da empresa de maneira adequada.

Boa convivência. É importante manter uma convivência saudável e benéfica com seus colegas, em qualquer lugar e horário, dentro e fora do ambiente de trabalho. As empresas valorizam colaboradores que sabem agregar pessoas, evitando boatos e atitudes ingênuas no ambiente de trabalho.

Ética. Talvez a gente possa dizer que um profissional que tenha todos os valores citados acima, mas que não tenha um código de ética em sua vida não terá conseguido a realização plena de seus sonhos como profissional. É como se dissesse: ‘Fulano tem presença incrível, é tão comunicativo, é um profissional competente. Pena que seja um corrupto, mentiroso, ladrão!’. Esse certamente um dia fará parte das altas estatísticas de demissão por má compostura profissional. E nunca será de fato um bom exemplo para seus pares e, por extensão, por seus familiares e conhecidos mais próximos.


Como se pode ver, em tudo que se fala há uma preocupação com a imagem pessoal. Onde esteja um profissional será lembrado e valorizado por aquilo que ele demonstra em aparência, na fala e no modo de se expressar e comportar. Portanto, penso que fica difícil alguém falar e se preocupar com marketing pessoal, ou seja, como vender bem a sua imagem, sem considerar esses fatores muito importantes que de fato ajudam um profissional a ter sucesso na sua carreira.
Pratique o auto conhecimento: observe- se e faça as mudanças ou adaptações necessárias. Com certeza os resultados serão excelentes!!