Tendências e desafios para o Recrutamento e Gestão de Pessoas

Tendências e desafios para o Recrutamento e Gestão de Pessoas

Surgem algumas novas vagas no mercado, porém para um perfil muito específico de profissional: agressivo na medida certa para não se intimidar com os obstáculos e, ao mesmo tempo, cauteloso para não correr riscos desnecessários. Além das qualificações técnicas, os aspectos comportamentais são cada vez mais valorizados em todas as áreas.


E há uma razão para isso: 90% dos diretores de RH do Brasil já contrataram colaboradores que não atenderam às suas expectativas e tiveram que lidar com os impactos dessa decisão, principalmente com a perda de produtividade da equipe e a baixa no moral dos funcionários. Não haverá espaço para isso em 2016. Dessa forma, as empresas estão mais criteriosas e seus processos seletivos mais morosos, com mais etapas – tudo com o objetivo de não errar na contratação.


Quais são os principais impactos de uma Contratação equivocada?

· 4% Outro
· 17% Custo financeiro
· 28% Baixa no moral dos funcionários
· 51% Perda de produtividade


Com o aumento das exigências, encontrar um candidato qualificado ficou ainda mais desafiador: 92% dos diretores de Recursos Humanos têm dificuldades em encontrar um profissional que atenda ao perfil desejado. Para 41% dos entrevistados, o mercado carece de especialistas técnicos e 34% acreditam que a demanda é superior à oferta de profissionais.

Quais são as principais razões que tornam difícil encontrar profissionais qualificados hoje em dia?

· 2% Outro
· 4% Demora no processo de contratação
· 18% Falta de habilidades comerciais e empresariais
· 28% Demanda é superior à oferta
· 41% Falta de especialistas e profissionais de nicho


Fonte: Pesquisa da Robert Half realizada no final de 2014, com 200 gestores de recursos humanos brasileiros.


Em 2016, os salários não devem sofrer grande variação. Entretanto, os candidatos com alta performance comprovada continuarão valorizados. Segundo a pesquisa, 72% dos gestores de RH estariam dispostos a negociar salários com candidatos acima da média – aqueles que a empresa acredita que realmente poderão fazer diferença e entregar os resultados projetados.

Quais motivos fariam você aumentar o salário de um funcionário?

43% Colaboração e trabalho em equipe
36% Competências técnicas
36% Autodesenvolvimento
30% Fidelidade à companhia


Fonte: Pesquisa da Robert Half realizada no final de 2014, com 200 gestores de recursos humanos brasileiros. Quatro opções mais votadas. Múltiplas respostas foram permitidas.


Para conquistar o sonhado emprego novo, é preciso mostrar resultados, ter o perfil que se adeque à cultura e aos valores da empresa, ser flexível e disponível para ir além da sua função. Também é um diferencial ter uma boa comunicação, expressar com clareza suas ideias e saber ouvir.

Comparado a outros países, o Brasil, ao lado do Chile, é o mais otimista em relação aos benefícios do trabalho remoto

BRASIL - CHILE - MUNDO
75% – 71% – 58% Produtividade
59% – 67% – 49% Criatividade
51% – 50% – 39% Comunicação
63% – 57% – 39% Colaboração
52% – 55% – 36% Capacidade de gerenciamento

Fonte: Pesquisa da Robert Half realizada no final de 2014, com 100 gestores de recursos humanos brasileiros. O percentual se refere aos gestores que acreditam que os itens citados sejam melhorados com o modelo de trabalho remoto.


Estrutura mais flexível

Profissionais temporários são percebidos como recurso estratégico dentro das empresas. Uma estrutura que contempla profissionais temporários garante à companhia mais flexibilidade e agilidade para responder e acompanhar os movimentos de mercado da melhor forma e manter-se competitivo. Outra vantagem é o tempo de recrutamento: um processo seletivo tradicional leva, em média, três semanas. Já um processo para vagas temporárias é finalizado em, no máximo, uma semana.Os profissionais temporários são ideais para preparar a abertura de capital, otimizar processos de fusões e aquisições, realizar reestruturações administrativas, adequar a empresa às questões tributárias e regulatórias e implementar sistemas.

Quais são as principais razões para contratar trabalhadores temporários?

44% Preencher ausências dos funcionários
43% Ter acesso a habilidades especializadas
36% Manter a produtividade
27% Avaliar potenciais funcionários permanentes antes de fazer uma oferta de trabalho
19% Ajudar a aliviar a carga de trabalho entre o pessoal permanente

Fonte: Pesquisa realizada pela Robert Half com 200 CFOs brasileiros, em junho de 2015. Múltiplas respostas foram permitidas.

Fonte: Robert Half

Com o fim de mais um ano, devemos observar estes números e planejar melhores e maiores desafios nas empresas, principalmente no que se relaciona com o recrutamento e a gestão na sua empresa. Conhecem a famosa palavra "procrastinar"? Quer dizer deixar para depois, e depois, e depois. E tudo continua como está.
Faça diferente!!!

Fica a dica!

Abraços

Conheça as nossas redes sociais:

Instagram: @modaegestao
Youtube: Dariane Vale
Periscope: Dariane Vale
Snapchat: Dariane.Vale
Pinterest: Moda e Gestão
LinkedIn: Dariane Vale

Loja on line> www.darianevale.com.br