Mulheres e Negócios - Estée Lauder

Grandes mulheres empreendedoras

Filha de judeus húngaros, Estée Lauder começou sua carreira nos negócios vendendo cremes que eram fabricados por seu tio, um químico vienense, em sua própria cozinha. Imitou-o, passando a preparar seus próprios cosméticos e a vendê-los em vários salões de beleza de hotéis de luxo de Nova Iorque, sua cidade.


Josephine Esther Mentzer,
cujo segundo nome foi 
Estée Lauder



Em 1944, com 34 anos, ambiciosa e determinada, abre sua primeira loja. Dois anos depois, funda sua própria empresa Estée Lauder Companies, junto de seu marido.

Alcançou logo o sucesso introduzindo seus produtos na Saks, a famosa loja de luxo da Fift Avenue.

Sua técnica de comercialização consistia na colocação dos produtos ao alcance da clientela, disponibilizando-os também sob a forma de amostras grátis. Isto surtia notável impacto de divulgação boca-a-boca, comparável apenas ao fenômeno do "Marketing Viral" – notabilizado somente com o advento da Internet.
Já em 1960 a marca era internacionalmente conhecida.

Estèe Lauder, cujo nome original era Josephine Esther Mentzer, foi eleita "gênio do negócio mais influente do século XX".



Hoje, a sua reputação é mundial, voltada ao mercado de luxo.
A liderança da Sra. Lauder inspirou milhares de pessoas. Recebeu inúmeras honras, incluindo a Medalha Presidencial da Liberdade, dos Estados Unidos, e a Legião de Honra, de França. No entanto, a Sra. Lauder sentia-se no seu melhor quando aconselhava as mulheres durante as suas visitas às lojas. 
Uma das suas citações favoritas era "Telefone, Telegrafe, Diga-a-Uma-Mulher" porque sabia que, uma vez que uma mulher experimentasse um produto Estée Lauder, iria adorá-lo e partilhá-lo com as suas amigas.

Será que ela imaginava que poderíamos fazer isso com um clique atualmente??

Beijos e até a próxima história de Mulher Empreendedora!!