Pergunto, logo inovo?

Qual ambiente é mais propício para a sua empresa estimular a criatividade e a inovação? Como iniciar um processo de incentivo à geração de ideias? Como a cultura para a inovação fará parte do DNA da sua empresa?

No mundo da criatividade e da inovação há intensos e constantes questionamentos. Por exemplo, como incorporar a criatividade e a inovação no nosso cotidiano?
Vamos lembrar o pensamento infantil, aquele com pouquíssimos paradigmas e muitas perguntas: o que você leu nos últimos dias que mais lhe surpreendeu? Qual lugar diferente conheceu? Que brincadeira nova fez com seu filho? Quando comprou uma revista completamente inusitada para o seu padrão de leitura?  Você tem exercitado um olhar surpreso sobre o que vivencia? Qual foi a última vez que você aprendeu algo novo pela primeira vez?

A criatividade e a inovação apropriam-se de pensamentos simples, mas profundos, além da capacidade de desenvolver as perguntas certas para ter grandes e estimulantes desafios da gestão da inovação.

Certa vez ouvi uma filósofa dizer que quando visita a Bienal e vê uma obra inovadora, muitas vezes inquietante, questiona-se: “O que é isso?”. Questione-se diariamente, a seu respeito e em relação aos produtos e serviços da sua empresa.

Técnicas de criatividade e metodologias de inovação podem identificar o “O que é isso?” que tem valor para o cliente. Você fará as perguntas que desejar, mas no fim, essa é a resposta mais relevante para o negócio. 


Fonte: Portal HSM em 05/03/2012