Marketing olfativo: deixe sua marca

Ao entrar na loja, tudo parece conspirar a favor da compra: temperatura, cores, texturas, som ambiente... Não dá para identificar o que é, mas algo no ar atiça a vontade consumista. Este algo é um odor milimetricamente elaborado por profissionais de marketing olfativo, técnica de venda cujo objetivo é seduzir o nariz do cliente para que gaste dinheiro. 


O Marketing olfativo é o marketing que usa o olfato como meio de comunicação. O objetivo é criar associação entre marca e determinada fragrância que emocione o consumidor e o torne fiel.

A pessoa nem se dá conta de que está sendo incentivada a consumir.  Lojas trabalham com visual planejado, que inclui roupas expostas em araras para que os clientes possam tatear as peças, e com música ambiente para acalmar quem vai comprar. Isso faz com que a pessoa passe mais tempo ali, o que ajuda nas vendas. A aromatização em ambientes grandes é feita por meio de um aparelho eletrônico acoplado ao ar-condicionado, e nos menores,  por meio de pequenos aparelhos borrifadores.

O objetivo é fazer o consumidor ficar o máximo de tempo dentro da loja sem que ele perceba. Isso ajuda o vendedor a efetuar a venda com mais tranqüilidade, enquanto o cliente fica seduzido pelo cheiro. A loja deve ter clima calmo, que funcione como refúgio da confusão da rua ou do shopping. Assim, suas ações serão mais lentas e as vendas aumentarão. O marketing olfativo influencia indiretamente o consumo.

Mas, que cheiro uma boutique deve ter? A tendência das lojas de roupas é usar os mesmos odores da perfumaria fina. Cada marca tem uma história, uma filosofia - podemos dizer faz parte do mercado de luxo.

A logomarca olfativa é desenvolvida pelo mesmo processo que uma logomarca visual, levando em conta a missão, os valores, os objetivos e a história da marca, e o jeito como as lojas são decoradas. Um lugar que use muita madeira na decoração deve ter logomarca olfativa com notas amadeiradas, por exemplo. 
Dica: cheiros de comida ou de café não combinam com grife de roupa. Qualquer odor que não tenha a ver com o produto vendido não é desejável. Se a dona de uma loja de surfwear, fã de perfumes Channel, perfumar a loja com esse cheiro, vai afugentar o público-alvo. É preciso adequar o cheiro da loja ao perfil do público-alvo, e não ao gosto pessoal do dono. 


Sua loja está preparada?