SPFW 2013 foca nas mudanças do evento

Começou nesta segunda-feira (29/10) a 34ª edição da São Paulo Fashion Week, principal semana de moda do Brasil. Para reajustar o calendário de desfiles do país, as organizações dos eventos de moda decidiram realizar uma terceira semana de moda em 2012 – tradicionalmente o evento tem duas edições anuais.

Estilistas, produtores de matéria prima e fábricas de costura, junto com a organização do SPFW, decidiram aumentar o tempo entre a apresentação dos desfiles e a entrega dos produtos nas lojas. Ao invés dos dois meses atuais, os empresários optaram por dispor de seis meses parar criar e produzir as peças, como já é feito no mercado internacional.

"Essa mudança é importante para que o setor se organize e passe a produzir aquilo que será efetivamente vendido e não o que ele acha que será vendido", explica Paulo Borges, diretor criativo do evento. É esperado que essa mudança ajude o setor a crescer, diminuindo o custo das peças sem que isso cause transtornos ao consumidor, que continuará recebendo as coleções nas lojas no mesmo período.

A partir do ano que vem, o calendário volta a ter duas semanas moda, com desfiles em março e outubro – até este ano, eles aconteciam em janeiro e maio. Por conta da mudança no calendário, a edição de outubro do SPFW é menor. São apenas três dias de evento, dois a menos que os anteriores. Os estilistas também optaram por fazer apresentações mais simples, focados nos lançamentos de inverno.

A primeira marca a desfilar foi a Osklen, que fez uma proposta clássica para temporada, usando muita pele e tricô. Mas modernizou na escolha de cortes amplos e em camadas. Também desfilaram Ronaldo Fraga, que homenageou o poeta mineiro Paulo Marques de Oliveira, a Têca por Helô Rocha, FH por Fause Haten, Triton e Ellus.

Amanhã, sobem na passarela João Pimenta, Uma Raquel Davidowicz, Samuel Cirnansck, Lino Villaventura e Colcci.



Informações do Correio Braziliense