5 dicas para não vender

Cansados de ouvirem profissionais lembrando apenas do que é certo fazer para ser um bom profissional na área de vendas, Claudio Diogo (especialista em vendas e consumo) e Eloi Zaneti (especialista em marketing) escreveram o livro Posso ajudar? 31 dicas para NÃO vender, no qual reúnem erros clássicos da área de vendas que devem ser tratados como dicas essenciais para quem deseja ser um vendedor de sucesso.


Entre essas dicas, destacam-se:

1. “Posso ajudar?”
Quem realmente quer ajudar não pergunta, simplesmente vai direto ao assunto: “Descubra o que trouxe a pessoa até você. Clientes, quando entram em uma loja, já chegam com a imagem idealizada do produto que procuram. Se você descobrir isso, por meio de boas perguntas, já terá meia venda realizada. E fará o seu papel – ajudar o cliente a tomar a melhor decisão para ambas as partes”, revela o autor.

2. “Se não funcionar, pode voltar que eu faço a troca.”
Tenha confiança em sua empresa e no que você vende e só assim você transmitirá confiabilidade em sua negociação. Faça que os clientes tenham essas sensações ao comprarem de você. Encante-os, inspire confiança e as chances de fechar a venda e conquistar um cliente fiel serão muito maiores.

3. “Um minutinho, querida…”
Atender dois clientes ao mesmo tempo é um crime. Tanto para o cliente quanto para você. Ao ver um novo comprador entrando na loja, termine seu raciocínio com o primeiro cliente e só então aborde o próximo com um catálogo nas mãos, ou indicando um local onde ele possa observar a nova coleção, dizendo algo como: “Estou atendendo outro cliente, mas já vou me dedicar exclusivamente a você”. Além disso, você pode oferecer uma água, um café ou um chá para fazê-lo se sentir mais à vontade.

4. “Claro, entregamos em dois dias.”
Ser honesto não é qualidade, é obrigação. Portanto, nunca construa um relacionamento com seu cliente baseado em uma mentira. Prefira perder uma compra hoje a perder um cliente fiel. Seja honesto com ele se não tiver a cor que ele deseja, se só tiver tamanhos que não são ideais para ele, produtos que não têm peças de reposição, etc. No futuro isso fará a diferença!

5. “Posso parcelar em até três vezes.”
A pergunta do cliente foi “Qual é o preço?” e você respondeu “Posso fazer em três vezes”? Saiba que essa não é a melhor forma de vender. Pesquisas revelam que mais de 85% dos clientes que perguntam o preço de um produto têm grande interesse em comprá-lo. Ou seja, talvez nem seja preciso fazer em três vezes. Antes de revelar que essa oportunidade existe, aguarde seu cliente pedir por ela. Afinal, todo mundo prefere pagar à vista!

Siga estas dicas para o seu negócio, compartilhe com seus funcionários, e, mesmo que seja empregado, sua vida profissional será muito mais satisfatória fazendo "o certo" desde a primeira vez!

Já conhece a nossa fanpage?
Curta e compartilhe!!