Despertando com o pé direito


O clima mais friozinho proporcionado pela chegada do outono é um convite para permanecer na cama por alguns minutos a mais. A vontade aumenta, se a pessoa estiver cansada ou se tiver uma rotina estressante, como trabalhar de dia e estudar à noite.

Em ambas as situações, as horas do sono parecem que nunca são suficientes. Para ajudar quem sofre deste mal e deseja ficar uns cinco minutinhos a mais na cama, mas não pode, a Page Talent elaborou algumas dicas. Confira abaixo.

Dicas

A hora do sono é sagrada: procure dormir sempre na mesma hora. Se você deseja que o dia seguinte seja produtivo, durma ao menos 8 horas por dia, assim seu corpo conseguirá descansar.

Ambiente ideal: organize seu ambiente de descanso para que nada atrapalhe durante a noite. Escolha pijamas e travesseiros confortáveis, além de ter um ambiente escuro e silencioso. Evite também fazer exercícios físicos até 4 horas antes de dormir e comer alimentos pesados que possam atrapalhar a digestão.

Efeito soneca: não coloque seu despertador para tocar mais de uma vez nem utilize a velha desculpa de “só mais cinco minutinhos”. Lembre-se de que, quanto mais você enrolar, mais difícil será para sair da cama. Ao ouvir o despertador, levante, lave o rosto e comece o seu dia.

Despertador fora de alcance: manter o seu despertador longe da cama faz com que você tenha de se levantar para desligá-lo e isso ajuda na hora de acordar. Você pode aproveitar e já abrir uma janela ou acender a luz.

Rotina diária: procure ter uma rotina matutina. Vá ao banheiro, tome um café da manhã reforçado, brinque com o cachorro, resolva coisas pessoais, ajeite a casa, mas de forma alguma volte para a cama.

Fonte: Infomoney