Como iniciar adequadamente uma atividade física

Novidade no blog!!!
Contaremos com a colaboradora Savana de Morais, personal trainer e professora de dança.
Ela trará assuntos relacionados à saúde, algo super importante nos dias de hoje, e que todos devemos saber.



Ao iniciarmos um programa de atividade física é necessário, primeiramente, observar o que ocorre em nosso organismo. Ao escolher sua atividade física, é importante analisar como seu corpo se adaptará durante a execução de tal atividade. A adaptação do nosso corpo ao exercício se dá através de um programa progressivo, ou seja, do mais fraco ao mais forte, do mais moderado ao mais intenso. Além disso, é fundamental respeitarmos as limitações que nosso corpo apresenta.

Um erro muito comum é utilizar os treinos de amigos ou amigas para si podendo acarretar problemas ao seu corpo. Não podemos esquecer que quando um profissional de Educação Física prescreve um programa de exercícios, esse plano foi definido de acordo com as limitações e objetivos de cada pessoa, ou seja, o que é bom para seu amigo pode não ser bom para você. 

A avaliação física é o primeiro passo para que seu instrutor possa planejar um Treino Ideal, ou seja, específico e personalizado. Através dessa avaliação, seu instrutor conhece você, traça objetivos e aplica os devidos exercícios de acordo com o que você quer e necessita. Após realizar sua avaliação e ter em mãos seu treino, você pode dar início às suas atividades físicas.

No começo pode ser que você se sinta cansado e/ou sem ânimo para continuar, mas isso ocorre porque é uma adaptação do seu organismo ao exercício. Se você praticar atividade física de 2 a 3 vezes por semana, essa sensação de cansaço desaparece na segunda semana. Seja persistente e pense nas vantagens de se praticar exercícios! 

Veja abaixo o que ocorre em seu organismo durante os exercícios:

• Aumento da ação da insulina (captação de nutrientes)
• Aumento da captação da glicose pelo músculo (utilização de energia para o exercício)
• Captação da glicose no período pós-exercícios (supre os carboidratos como fonte de energia)
• Diminuição da glicose sanguínea (durante os exercícios é liberada para a corrente sanguínea e transportada para todo o organismo)
• Aumento da sensibilidade celular à insulina (controla a glicose durante o estímulo do exercício)

(Livro Fisiologia do Exercício-Powers K. Scott e Howley T. Edward))

Tais fatores proporcionam benefícios à sua saúde, tais como: emagrecimento, diminuição nos níveis de insulina para diabéticos e melhor utilização de energia durante e após os exercícios. Exercitar-se com as devidas orientações só traz benefícios!

Lembre-se que em primeiro lugar vêm a sua saúde, depois as suas limitações e, se possível, por último a estética.

Savana de Morais 
Personal Trainer e Professora de Dança
savana.morais@gmail.com