Como aproveitar seus contatos em eventos - Networking

Fazer networking envolve habilidade social, o que às vezes amedronta os empresários mais tímidos. Para fazer networking tem que arriscar e se expor. Nesses casos é preciso tomar muito cuidado com seu comportamento e como você se apresenta – e isso inclui o vestuário. 


Para começar, não deixe de levar um grande estoque de cartões pessoais, eles facilitam as apresentações e a troca de contatos (telefone, e-mail). Mas não fique desesperado e saia distribuindo cartões para todo mundo como se você fosse um político em campanha eleitoral. Faça a troca apenas se você souber que pode aproveitar esse contato. 

E para fazer a troca de cartões é preciso abordar completos desconhecidos. Nessa hora o medo e a insegurança podem prejudicar o networking. Mas basta seguir alguns passos para ganhar confiança. 

Como fazer o primeiro contato

1) Peça ajuda: assim que chegar ao evento peça auxílio de algum empresário conhecido ou até mesmo da organização do evento para fazer possíveis apresentações. 

2) Insira-se em um grupo: está realmente sozinho? Apresente-se para um grupo em algum intervalo de conversa e comece a trocar ideias sobre o evento. 

3) Não seja “o chato”: Seja delicado na hora de abordar as pessoas e não seja persistente se por acaso a conversa não evoluir. 

Se o primeiro contato foi bem sucedido, é preciso prestar atenção no que fazer e o que tirar de cada interação: 

1) Simpatia e conhecimento: “Na hora de conversar, seja natural, mas simpático”. “Tenha bom senso na escolha de algum tópico de conversação. A melhor forma de se preparar para isso é ter uma boa biblioteca de assuntos.” 

2) Tudo é uma troca: Durante a conversa, perceba como a construção desse contato pode ser proveitosa, tanto para você quanto para seu interlocutor. “Se você perceber que pode ganhar e dar algo em troca, dê continuidade depois do evento".

3) Saída pela esquerda: Uma hora a conversa pode se esgotar, portanto, saiba quando se retirar. “Seja hábil para perceber qual é a hora de sair. Tem pessoas que não gostam de ficar conversando muito tempo com uma pessoa”.

4) Nada de monogamia em networking: “A ideia de conversar com pessoas não é suprir uma carência por estar sozinho, mas conseguir fazer o maior número de contatos proveitosos possíveis”, diz Matilde. Não se prenda a apenas um contato. Em um evento, você deve sair com no mínimo 10 cartões diferentes. 

Foi bom para você? 

Uma hora todo evento acaba e depois dele é preciso fazer o segundo contato. Mande um e-mail no dia seguinte remetendo a algum assunto conversado no dia anterior. O “e-mail do dia seguinte” é muito importante para deixar claro seu interesse. Dessa forma você pode tirar maior proveito desse novo relacionamento.

Lembre-se que todo evento, independente da sua desenvoltura social, é uma oportunidade de fazer novos contatos. “A única chance de você não tirar nenhum proveito é se você ficar em casa.”