Luiza Trajano "transformando" faxineiras

Na tentativa de entender melhor as aspirações da chamada nova classe C, a empresária Luiza Trajano, fundadora e presidente da rede Magazine Luiza, transformou temporariamente três faxineiras do grupo em “assessoras de marketing”, como contou durante evento da revista britânica “ The Economist”, nesta sexta-feira em São Paulo.
“Mandei as três viajarem a Porto Seguro pela primeira vez de avião”, conta, lembrando que milhões de brasileiros que nunca usaram transporte aéreo devem ter a mesma experiência no próximo ano. “Viagem gera consumo – é um presentinho de lembrança para amiga, um tênis novo, uma roupa nova”, disse a empresária.

Trajano disse ter ficado surpresa com o resultado. “Tem coisas que elas nem sonhavam que podem ter [no avião]. Por exemplo, não sabiam que a mala não ia junto [com o passageiro]”, disse. “Elas também disseram que tinham que revezar a janelinha, porque as três queriam ir."
Além das curiosidades, a empresária extraiu percepções importantes para o negócio. “Uma coisa que ficou clara é que elas contam tudo para as amigas. Por isso as redes sociais têm crescido tanto”, disse Trajano, que recentemente decidiu apostar na venda direta através dos sites Facebook e Orkut.
“Sou apaixonada por micro e pequenas empresas, são elas que seguram o emprego no país”, disse. “Faço trabalhos para ajudar pedreiros e eletricistas a se formalizarem, porque isso é fundamental. O Brasil não pode ter uma lei geral que ignore as pequenas empresas, ou seja, elas não podem responder [a exigências de formalização e tributárias] da mesma forma que uma grande empresa”, afirmou.
Fonte: IG