Tendência: Cor mostarda

Uma das cores que vou apostar nesse ano é a Mostarda!!
Comecei a observar como coordenar essa cor um pouco difícil depois do Workshop com a Oficina de Estilo. Dá pra fazer muitas combinações, é só usar a imaginação e a criatividade!
E como faço deste blog um "arquivo digital" e fonte de inspiração, selecionei alguns looks pra nos ajudar na hora de sair linda e maravilhosa com esta cor quente e linda!
Segundo o que pesquisei, as cores que mais combinam são:
Preto, Bege, Cinza, Branco e Laranja.
Se você quer ousar, experimente o Rosa ou o Burgundy, além de lindo, fica chiquérrimo!!








Essa tabela é perfeita para nossas dúvidas fashion: combine as cores opostas! 



E o toque final com o Burgundy:


As tendências para o Verão 2013 - Minas Trend Preview



Como já falei em outros posts, acho um pouco cansativo os desfiles de moda que não tragam propostas "usáveis". 
Tenho admirado os últimos desfiles nacionais, aliás, tenho "amado".
Mesmo não estando presente, gosto de acompanhar e selecionar os modelos que podemos usar na vida real. Digo tanto para o dia quanto para a noite, para passeio ou trabalho. 
O verão proposto pelas 22 grifes que desfilaram durante a 10ª edição do Minas Trend Preview traz um ar romântico, delicado, em cores claras, que podem ser contrapostas por outras mais fortes, rendas, transparências etc. Muitas das propostas apresentadas já puderam ser vistas em passarelas internacionais. Vale a interpretação de cada grife, com o DNA próprio, para apresentar suas criações para o verão 2013.
A semana abriu a temporada de desfiles para a estação quente no Brasil. Depois vem Fashion Rio e São Paulo Fashion Week, onde algumas apostas podem ser confirmadas ou substituídas.

Vamos começar a pensar no guarda roupa do próximo verão!!!! 
(Fonte do texto  a seguir e fotos: Terra/ Rosangela Espinossi)

Sorvete 
Depois do massacre do color blocking do verão passado, agora as tonalidades vêm mais tranquilas, como rosa nude, pistache, celeste, por exemplo. Mas aí surgem coral, verde mais intenso, azul-royal e o amarelo-lima para acender a cartela.
Brancura total 
Tons brancos, off white, beges também são aposta certa para a estação.
Barriga de fora
Vai ser preciso muito abdominal e malhação para usar os tops cropped que praticamente todas as grifes levaram para a passarela. Essas miniblusas ganham formato que lembram corselete na altura dos seios, com modelagem ajustada. Pelo menos, a cintura das calças e saias estão no lugar.
Pernas cobertas 
Pantalonas, retas, mas não justas, cigarretes curtas. Lisas e estampadas. Anote aí: a calça estampada promete ser o quente do verão.
Vela e revela
O jogo de transparência com opaco, formando recortes geométricos, alguns com perfume art déco, faz a mulher muito feminina e clássica, mas com uma sensualidade latente, como que se pudesse espiar pelas frestas dessas fendas cobertas com tule. O decote mais contido na frente torna-se bem escancarado atrás, mas a pele em geral vem protegida por uma tela, um véu fininho.
Mullet e peplum
Os termos são complicados, mas a identificação é fácil na passarela. As assimetrias dos comprimentos ganham visibilidade nos estilos mullet, mais curto na frente e mais comprido atrás, principalmente nos vestidos, alguns estilo chemisier. O peplum (ou basque) é aquele volume, como uma sobressaia, que vem da cintura até o começo do quadril.
Mulheres rendeiras
Faz tempo que a renda está na moda e se mantém, ora aplicadas sobre transparências, ora em detalhes ou em peças inteiras, Valem também vazados, cortados a laser. É a tradição artesanal mineira, mesmo que uma alagoana como Martha Medeiros, abra os desfiles de Belo Horizonte com suas peças magníficas.
Um certo brilho
Lurex, aplicações de pedras, cristais, dourados traduzem o glamour que a moda está pedindo já há algum tempo e se mantém para o verão. O dourado tem vez, assim como o cobre.
Por décadas
Anos 20 dá as caras, mas os anos 50 e 60 ganham. Vestidos retos, linha A para os 60. Dorso seco e saia mais ampla, para os 50. Franjas, fluidez, movimento, um pouco de cintura baixa, para os 20.
Sapatinhos
As sandálias de salto alto e grosso, com plataforma na frente aparece junto com anabelas. Bicolores, douradas, metalizadas. Cores pastel, mais fortes, básicas (bege, preto e branco) também entram. E o que vale é ficar nas alturas.

Selecionei algumas fotos dos modelos que mais gostei. Espero que gostem!!! 
















E esse é o que mais amei (AMO PRAIA E VERÃO!!!)




Tendências para o Mercado de Luxo



Não é novidade que os consumidores estão cada vez mais exigentes e demandam um grau de complexidade maior por parte das marcas em suas estratégias. No mercado de Luxo, o cenário não é diferente. Para isso, destacamos três tendências que pretendem auxiliar as empresas do setor em seu planejamento durante este ano, apontadas por Karen Weiner Escalera, membro do conselho consultivo do Luxury Marketing Council da Flórida, Estados Unidos.

"Participar e se divertir" é uma delas. Para a especialista, cada vez mais, as companhias terão de atrair e divertir para fidelizar. Um exemplo é a ação da marca de sapatos Jimmy Choo, que criou uma gincana em Londres para apresentar sua primeira coleção de tênis. Durante a ação "Catch a Choo", os seguidores da marca nas mídias sociais viam que um par de tênis tinha feito check-in em algum lugar da cidade e o primeiro a chegar no local recebia o produto.

Operadores de turismo, hotéis e empresas aéreas também seguem a tendência, oferecendo viagens misteriosas de fim de semana para clientes fiéis e fãs, por meio de concursos, leilões ou descontos para destinos desconhecidos, com itinerários-surpresa.


Mudanças na linguagem

Karen sugere também "Uma nova linguagem do Luxo". Nos últimos anos, os jargões têm sido palavras como "autêntico", "artesanal", "vintage" e "único". Provavelmente, em 2012 continuará assim, mas as empresas devem ficar atentas. Na medida em que palavras da moda forem adotadas pelo mercado do consumo em massa, será necessário criar um novo vocabulário do Luxo, mais carismático e preciso, com termos como "precioso", "raro" e "sagrado".

A terceira dica é "Se diferenciar pelo estilo". As marcas precisam melhorar o que oferecem e proporcionar vivências diferentes aos consumidores. Foi o que fez a britânica Alfred Dunhill, ao recriar uma loja com artefatos e peças de suas primeiras coleções. O complexo de três andares mergulha os visitantes em uma experiência completa de compras, jantar e beleza, com um bar e café, uma sala de cinema, alfaiataria, área de produtos em couro, SPA, barbearia e um clube de cavalheiros, à moda antiga.

Outro exemplo são os hotéis que atendem os que amam os "micro nichos", como o The Food Hotel, em Neuwied, na Alemanha. O empreendimento temático tem decoração de supermercado, com bancos feitos de caixas de cerveja, almofadas que parecem biscoitos e cadeiras que lembram carrinhos de compras. Por meio de uma parceria com 36 das maiores marcas de alimentos domésticos da Alemanha, foram projetadas suítes que permitem aos hóspedes escolherem quais lanches, bebidas e ações de Marketing gostariam de receber e testemunhar ali.



Há ainda o Divorce Hotel, na Holanda, para casais que desejam se separar. O local conta com quartos de solteiro, mediadores, tabeliães e psicólogos, além de outros especialistas para ajudarem os clientes durante o processo de divórcio. 


Texto de: Karen Weiner Escalera, membro do conselho consultivo do Luxury Marketing Council da Flórida


Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Para reconhecer histórias de sucesso de mulheres empreendedoras, o Sebrae no Distrito Federal lançou, nesta quarta-feira (25), o Prêmio Mulher de Negócios. A partir dessa edição, empreendedoras individuais (EI) também podem concorrer, além de empresárias de micro e pequenas empresas (MPE) e membros de grupos de associações e cooperativas com mais de um ano de funcionamento. 

Adrianne Marques, gestora do projeto do Sebrae no Distrito Federal, conta que as empreendedoras individuais concorrerão em uma categoria especial. “Como a formalização dessas empresárias é recente e é preciso ter um tempo mínimo de funcionamento, a participação só foi possível a partir deste ano”, diz. Adrianne afirma que a diferenciação se justifica também pelas características específicas do grupo de empresários em espaço físico, gestão e legislação.

Na última edição do prêmio, a empresária Carla Gomes faturou o segundo lugar. Fundadora do Espaço Bela Mulher, ela conta que sua trajetória se destacou pois ela não perdeu de vista o sucesso. “Nunca pensei em desistir ou me prender às dificuldades. Desde o primeiro dia, pensei em ser uma mulher bem-sucedida. Não há como vencer se nos preocuparmos sempre com os defeitos”, aconselha a empresária. 

Para o superintendente do Sebrae no Distrito Federal, Antônio Valdir Oliveira Filho, a vitória da empresária é fruto de trabalho árduo combinado à vocação empreendedora. “Somos uma cidade de oportunidades, que constrói sua história com base no suor e criatividade das nossas empresárias. Ver o reconhecimento nacional de um trabalho feito aqui em nossa região é extremamente gratificante”.

As interessadas em participar da premiação podem se inscrever gratuitamente até o dia 31 de agosto pelo site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br.

Fonte: Sebrae

Homens - saiba cuidar da sua pele ao barbear

Sei que temos vários leitores aqui no blog - homens - e com certeza estas dicas serão muito boas pra vocês!!
Aproveitem, e comentem!!!


Quando se lembram da pele irritada, das bolinhas e dos pelos encravados, muitos homens desanimam na hora de se barbear. A dificuldade, no entanto, pode diminuir bastante com alguns cuidados que, longe de serem apenas sinais vaidosos, garantem a vitalidade da sua pele. A pele do rosto é muito sensível. Por conta desse problema, o atrito da lâmina acaba resultando em bolinhas, ardência, coceira e vermelhidão. Escolher a alternativa de barbear que mais combine com a pele é a melhor tática para evitar essa irritação. 

Não force a lâmina
Forçar a lâmina na pele, para conseguir um resultado mais rente, também traz prejuízos, porque pode provocar ainda mais coceira e vermelhidão. Para não precisar disso, mantenha o aparelho ou a navalha sempre afiado. Assim, o simples contato já é capaz de cortar os pelos. 

Use espuma de barbear
Nunca remova os pelos com o rosto seco. Existem muitos homens que passam uma camada bem fina de sabonete em barra e acreditam que estão protegendo a pele. O ideal é passar uma espuma ou mousse própria de barbear. Eles aumentam o deslize da lâmina, da navalha ou do barbeador elétrico, diminuindo o atrito. Na falta desses produtos, o condicionador pode quebrar o galho: ele forma uma camada de proteção mais resistente do que a película do sabonete, que ainda pode arder caso haja um corte. Outra dica: use talco!

Cuidados pós barba
Mas todos os cuidados durante o barbear não dispensam medidas após deixar o rosto lisinho, caso contrário, a irritação pode aparecer. O contato da lâmina, da navalha ou do barbeador elétrico deixa os poros abertos e expostos, o que torna a pele ainda mais sensível. Por isso é importante usar um hidratante e uma loção calmante que deixe a pele menos sensível. 

Pelo encravado
Evitar os pelos encravados também é possível. Para isso, comece respeitando o sentido de crescimento dos pelos na hora de posicionar a lâmina ou a navalha. Esfoliar a pele também contribui para desobstruir os poros: deixe um creme esfoliante no chuveiro e lembre-se de usá-lo durante o banho. Isso basta para eliminar as impurezas que podem atrapalhar o nascimento dos pelos. 

Intervalo entre o barbear
Espere, ao menos, dois dias para barbear a pele novamente. Esse intervalo é necessário para que os pelos consigam despontar (ou a única remoção realizada é a da oleosidade natural da sua pele). Para descobrir a freqüência ideal, o melhor é prestar atenção na sua pele e ver como ela reage a cada um dos aparelhos usados para tirara barba. 

Modo alternativo
Se você já testou todas as alternativas e cuidados a cima e mesmo assim a pele não se adapta ao barbear, a depilação a laser pode ser uma saída. Ela precisa ser feita durante o inverno, para evitar manchas no rosto, e dói um pouco, mas os resultados compensam: os pelos não chegam a desaparecer completamente, mas diminuem muito. 

Lâmina descartável
Sua lâmina é descartável? Então não se esqueça: ela precisa ser trocada após ter sido usada no máximo, três vezes. Mais do que do que isso é pedir para irritar a pele. Os fungos ficam presentes na lâmina, o que provoca coceira e vermelhidão, sem esquecer a perda no corte. Com isso, é preciso passá-la várias vezes, removendo a camada de oleosidade natural do rosto. Fonte: Minha Vida

Siga a fanpage do blog:

A importância do feedback para a comunicação


Queridos leitores,
Este é um texto válido não só no meio empresarial, mas que atende o nosso dia a dia, nas nossas relações pessoais.
Nada melhor que uma boa comunicação, seja ela de qualquer meio.
Espero que curtam e aprendam com a leitura!

Abraços!



A comunicação pode ser tida como a troca de entendimento entre pessoas, e informações entre máquinas. Sem ela é impossível qualquer relação interpessoal dentro ou fora do ambiente de trabalho.
Os elementos da comunicação são:
  • O emissor e o receptor
  • A mensagem
  • O canal de propagação
  • A resposta (feedback)
  • O ambiente (ruído)

Todos os elementos da comunicação são igualmente importantes, mas hoje vou falar especificamente de um vilão da comunicação, a falta de feedback. Existem muitas teorias sobre este elemento.
Porém, no momento, vou me referir ao tipo mais simples de feedback. Geralmente expressado por um ok, legal, beleza, entendi, um jóia ou acenar de cabeça.

Mensagem enviada e mensagem recebida
Os e-mails tornaram-se parte integrante da comunicação no trabalho e são peça fundamental para realização de algumas tarefas, que hoje em dia, estão relacionadas à troca de informações importantes ou até indispensáveis para o funcionamento de algumas empresas.
Não é incomum assistir um funcionário cobrando determinado e-mail que deveria ter recebido e a contra-parte responder com um indignado; mas eu mandei! Tenho certeza!
Mensagem enviada não significa que foi recebida. O correto aqui seria enviar um e-mail importante solicitando a confirmação ou feedback. A comunicação entre pessoas refere-se a entendimento da mensagem e encerra-se na confirmação de recebimento, não antes.
O exemplo do e-mail serve para ressaltar uma falha de comunicação que acontece até em uma conversa, pessoalmente. A ferramenta (e-mail) neste caso foi o canal de propagação e não passa de um vetor do que acontece no face a face.

O mau hábito de supor coisas
O princípio do desentendimento está no hábito de supor coisas. Achar que o outro recebeu sua mensagem é o primeiro erro. O segundo, está no ato de quem recebe a mensagem e nunca confirma.
Algumas pessoas são assim; você diz algo, elas recebem a informação, mas não dizem nada. Como geralmente sabe-se que elas entenderam, surge o mau hábito de supor que elas sempre recebem suas mensagens.
Até o dia em que o ambiente (ruído) as impossibilite de ouvir.
Como nunca respondem, você não saberá identificar o momento em que não escutaram. Irá deduzir que entenderam sua mensagem e pronto. 

A comunicação em prol da produtividade
O ambiente onde a comunicação é eficiente também é produtivo. Pesquisas comprovam que 80% dos problemas nas empresas são oriundos das falhas de comunicação e muitos deles podem ser evitados apenas valorizando o feedback.
Faça seu ambiente de trabalho mais produtivo simplesmente disseminando a cultura de confirmar todas as mensagens recebidas e pedir a confirmação das que são enviadas. Basta um – Ok.
O bom hábito de confirmar todas as suas mensagens pode até servir de álibi quando esquecerem de passar aquele recado importante. Afinal, não adianta alguém falar que lhe deu determinada mensagem se você não confirmou o recebimento. 

Comunicação sem confirmação é monólogo.

Texto de: Roberto Machado

Mão grega - Millani Bijoux Brasília

Olá meus queridos!!!
Vim mostrar esse lindo colar que ganhei no sorteio do Garota Vaidosa, da mais nova loja de semi joias de Brasília, Millani Fine Bijoux
A loja é um charme, atendimento mais que especial, com peças belíssimas. 
E, como fiquei curiosa a respeito da mão grega, compartilho o significado, que adorei, e carregarei comigo sempre:
"Símbolo grego que carrega os significados de atividade, o poder e a proteção. A mão aberta simboliza a gratidão, a generosidade e a sinceridade absoluta".
Achei a minha cara, simplesmente amei!




A Millani fica no Boulevard Shopping, 1º Piso. Aproveite para conhecer a loja e escolher um presente que seja a cara da sua mãe!!


Abraços!

As tendências de moda que nos fazem sofrer...



Quem é mulher sabe: não é fácil seguir os padrões da moda. Para ficar com a beleza em dia, as mulheres encaram rituais de beleza torturantes (como a depilação) e ainda se equilibram em saltos enormes ou se apertam em espartilhos de, literalmente, tirar o fôlego. Mas até que ponto vale tudo em nome da beleza? O site Stylelistreuniu mostra as nove principais tendências dolorosas da moda atual. Veja quais são.

Salto alto: eles são sinônimos de elegância feminina, mas também são associados às dores. Algumas sugestões podem ajudar a driblar o desconforto do calçado. Vestir um sapato confortável até o último minuto daquele encontro pode ser uma. Ou até mesmo diminuir um pouco da altura do salto. Modelos com o bico e salto quadrado, que oferecem mais estabilidade e conforto, assim como o meia-pata ou plataforma.

Corset: não há como negar que eles remetem ao tempo vitoriano, imperial. Ou que evoquem um fetichismo. O corset, chamado também de corpete, tinha o objetivo de afinar a cintura e dar postura e suporte aos seios das mulheres do século XVI, por baixo dos vestidos. Hoje, lembrado pelo modelo de seios pontudos feito por Jean Paul Gaultier para Madonna, a peça ainda é a antítese do conforto.

Sutiã sem alça: a maioria das mulheres acha que a falta das alças compromete a sustentação. Ele não é uma peça, assim como o corset, que causa dor. Entretanto, ter que ficar puxando o sutiã para cima ou verificando para ver se tudo está no lugar talvez seja uma das situações mais chatas do universo da moda.

Cinta: entrar nela é quase um exercício de contorcionismo. Sair, então, parece mais difícil ainda. A cinta, ou as outras peças que ajudam a não marcar as gordurinhas naquele vestido justo, são grandes aliada da moda, mas cobram um preço desconfortável por isso.

Cintos para marcar a cintura: esse tipo de cinto está cada vez mais presente nos armários das mulheres. Eles definem a cintura e podem agir como um espartilho. O problema é que, após uma grande refeição, o resultado é muitas vezes o desconforto. Para não sofrer, a dica é afrouxar o acessório.

Vestido-bandagem: quase implacável no quesito dor, esse tipo de vestido é bem apertado. Dificulta a respiração e pode ficar mais incômodo ainda se usado com uma cinta por baixo.

Sutiã push-up: o resultado é quase uma plástica sem cortes. Com esse modelo de sutiã as mulheres podem abusar do decote sem se preocupar com a sustentação. Garante seios mais bem distribuídos graças ao bojo reforçado e a estrutura que "levanta" tudo. Só não é perfeito porque dificulta atividades rotineiras.

Calcinha fio dental: você pode até gostar do modelo, mas dizer que é confortável é outra coisa. O fio dental é bom para seduzir, mas um verdadeiro terror para o dia a dia. Em alguns casos, resulta até em assaduras.

Brincos pesados: muitas mulheres estão reconstruindo suas orelhas após anos de danos causados pelos brincos pesados que, muitas vezes, são mais adequados como pingentes de cortina. Texto: Portal Terra





Essa lista é boa! Confesso que uso vários destes itens, mas tenho percebido que a "maturidade" me faz pensar cada vez mais no conforto. E vocês, o que acham?

Como deixar seus cabelos fortificados- e lindos!


Passa um, dois, três meses e você já aceitou o fato de que o seu cabelo não cresce na mesma velocidade que o da sua amiga. Sem contar aqueles fios que insistem em arrebentar, mostrando como os cabelos estão quebradiços e danificados. Mas prestar atenção nos alimentos que você come e uma visita ao cabeleireiro pode fazer uma grande diferença. 

Os fios crescem de meio a um centímetro por mês, de acordo com cada perfil. Fatores como alterações hormonais e a alimentação interferem nessa medida.
Confira abaixo dicas para turbinar o crescimento das madeixas. 

Para colher os benefícios desse nutrientes poderosos, aposte nos seguinte cardápio: 
Proteínas: carnes, ovos, soja, leite e derivados; 
Cobre: nozes, castanhas e ostras; 
Ferro: fígado, gérmen de trigo, amêndoas, passas, feijão, lentilha e folhas escuras; 
Zinco: carnes, gérmen de trigo, levedo de cerveja, ostras, nozes, gema de ovo e óleo de linhaça; 


Elas previnem a calvície:
Vitaminas do complexo B: soja, lentilha, gema de ovo, abacate, cenoura, semente de girassol e peixes; 
Vitamina C: acerola, goiaba, couve, brócolis, pimentão verde, espinafre, laranja e morango; 
Vitamina E: óleo de gérmen de trigo, óleo de girassol, nozes e amendoim. 


No salão de beleza
Além da alimentação desequilibrada, outros fatores emperram o crescimento dos fios. A falta de hidratação e o couro cabeludo mal cuidado e oleoso dificultam o processo. A falta do corte de cabelo regular das pontas, vai enfraquecer os fios e terá o crescimento prejudicado. 


Confira abaixo as dicas para dar aquela força aos fios:
1. Mantenha os cabelos sempre hidratados, usando frequentemente uma boa máscara capilar. 
2. Cuide das camadas de queratina. Se tiverem comprometidas por químicas, faça cauterização. 
3. Varie sempre o xampu e o condicionador e use um xampu de limpeza profunda (uma vez por semana ou a cada 15 dias) para retirar excessos de químicas, sujeira e oleosidade para que o couro respire melhor. Eles podem entupir os poros e impedir que novos fios capilares saiam. 
4. Xampu de jaborandi estimula a circulação sanguinea do couro cabeludo, mas seu uso em excesso resseca os fios; use uma vez por semana. 
5. Mantenha as pontas sempre aparadas, e não espere que elas se abram cara poder cortar, isso enfraquece os fios causando queda. 
6. Evite a água muito quente, pois ela pode causar irritações no couro cabeludo e deixar os fios muito oleosos, o que também inibe o crescimento. 
7. Deixe o cabelo respirar. Quando ele vive abafado em lenços, rabos ou coques, ou molhado, os fungos podem proliferar e dificultar o crescimento. 

Fonte com adaptações: Minha Vida


Sabe quais são as empresas mais éticas do mundo da moda e da beleza?


As empresas de maior sucesso não são apenas as que mais lucram. Quem garante é o Instituto Ethisphere, dedicado à criação, avanço e compartilhamento das melhores práticas éticas no mundo dos negócios, ações de responsabilidade social corporativa, anticorrupção e sustentabilidade.

O órgão divulgou uma lista das empresas mais éticas do mundo, a World’s Most Ethical (WME) Companies. Entre as 145 selecionadas, o mercado de moda e beleza foi bem representado, com nomes como Gap, L’Oréal, Timberland e Patagonia, que desde a criação do prêmio, há seis anos, figura no ranking.

Confira abaixo, as marcas de moda e beleza que apareceram na lista:

Varejo: Gap, Patagonia, Costco, Marks & Spencer, Target.
Cosméticos: L’Oréal, Shiseido.
Indústria têxtil: Milliken & Co.
Marca de vestuário: Timberland, eBay.


Fonte: Modaspot

A importância da comunicação na vida pessoal e empresarial




Acredito que saber se comunicar é fator imprescindível a qualquer um que queira se aventurar pelo mundo do empreendedorismo. A comunicação é visceral para o desenvolvimento humano e empresarial.
Incrivelmente, 80% dos problemas corporativos são provenientes de falhas na comunicação, segundo especialistas. Mas vejo nisso um entrave que transcende o ambiente da empresa.
A comunicação é parte do desenvolvimento humano, que por consequência afeta todo tipo de ambiente onde há convivência entre pessoas.
Talvez, seja possível solucionar problemas de convivência comuns na família, no trânsito, na escola, por exemplo. Basta incentivar e desenvolver o domínio da arte da comunicação no ambiente de trabalho.
Começando por nós mesmos.


Dominando a comunicação
Passar uma mensagem clara e objetiva para o ouvinte de forma eficiente, depende de diversos fatores.
Uma conversa deve ser interessante e agradável. Assim é possível atrair a atenção para suas idéias. No entanto, para uma comunicação eficiente isso ainda não basta. Mostrar entusiasmo e interesse pelo outro também são fatores importantes.


Uma boa comunicação envolve:

  • Expor objetivos, metas e planos
  • Adequar a linguagem ao interlocutor
  • Boa postura e entonação
  • Ler muito. Saber falar sobre vários assuntos
  • Falar olhando nos olhos da pessoa
  • Discordar sem ser desagradável. Use perguntas.

A comunicação não é uma competição. Alguns profissionais acham que devem sempre sair ganhando. Comunicação não é discussão. Nunca critique alguém durante uma apresentação ou diálogo.
Os pecados capitais da comunicação
Vale lembrar que para uma conversa eficiente, menos é mais. A boa comunicação não quer dizer que se deve falar e falar sem parar, mas que deve-se dar mais tempo a ouvir o que o outro tem a dizer.


Evite estes erros:

  • Ser o dono da verdade
  • Não ouvir atentamente ao outro
  • Desconhecer as particularidades dos ouvintes
  • Falhas de concordância verbal e nominal
  • Ser chato
  • Desrespeito social
  • Subestimar a inteligência da outra pessoa
  • Usar termos técnicos desconhecidos
  • Gesticular demais
  • Tocar fisicamente o outro com frequência
  • Monopolizar a palavra
  • Usar frases de duplo sentido
  • Abusar da ironia
  • Ter atitudes preconceituosas
  • Criticar cruelmente e sem função
  • Grosseria ou agressividade
  • Arrogância, falar bem de si mesmo
  • Mostrar superioridade
  • Envenenar o ambiente com mau humor
  • Gozações e brincadeiras de mau gosto

Transformando palavras em ímãs
Segundo o consultor Carlos Hilsdorf, três coisas tornam uma conversa cativante: o tema, as pessoas e o relacionamento entre elas.
Assim, a melhor estratégia para uma comunicação eficiente é procurar um tema atraente para falar com pessoas interessantes e estabelecer com elas uma atmosfera agradável de compartilhamento e respeito.
Concentre-se na pessoa e lembre-se de que ela é o assunto preferido dela mesma. Fale em forma de perguntas que abram o caminho para conhecê-la melhor e achar pontos de interesse em comum.


Nunca esqueça de:

  • Sorrir sempre para os outros
  • Elogiar com honestidade
  • Agradecer é primordial
  • “Descobrir” o outro e ver suas qualidades
  • Cooperar e construir junto
  • Perguntar sem bisbilhotar. Interessado no outro.
  • Compreender e depois ser compreendido.
Texto de Roberto Machado

Perca o medo de negociar


Descobrir o que nos impulsiona de verdade é um dos grandes desafios pessoais que enfrentamos ao longo da vida. Muitas vezes deixamos passar oportunidades incríveis por medo de enfrentar algo que desconhecemos ou por acreditarmos na derrota antes mesmo do jogo começar.

Pesquisa recente do LinkedIn, maior rede profissional do mundo, sobre o comportamento de profissionais frente a negociações de carreira - como pedir por um aumento ou fechar um negócio, revelou que os profissionais brasileiros apresentaram a maior porcentagem de participantes que admitiram sentir medo e insegurança ao negociar.

Entre os fatores que explicam este medo aponto a falta de autoconhecimento como o principal. Conhecer melhor nossas potencialidades para, sempre que possível, usá-las a nosso favor, é fundamental. O profissional que não se conhece, não tem convicções quanto às suas principais habilidades e vai se sentir inseguro para negociar uma vaga de emprego, um melhor salário, uma promoção ou novas oportunidades de negócio. A pessoa com bom autoconhecimento tem o discernimento de negociar as melhores opções para cada tipo de situação, sabendo inclusive recusar propostas que não se alinhem com sua personalidade ou estilo de vida.

Além disso, é importante desenvolver a força ou resistência mental para lidar bem com adversidades. Pensar em situações de fracasso aumenta a sensação de derrota que, inconscientemente, produzirá ações que confirmem o fracasso, repetindo os mesmos reveses. Estudiosos da Neurociência comportamental chamam esse mecanismo de profecia autorrealizável: previsões negativas que sempre se cumprem para confirmar os prognósticos ruins, feitos pela própria pessoa - "sabia que não iria conseguir". Para interromper esse círculo vicioso, é importante entender as causas do problema- se foi falta de preparo ou de aptidão - para então melhorar sua performance em futuras negociações.

Por último é essencial também ter segurança emocional para enfrentar situações difíceis sem demonstrar medo ou ansiedade exagerada. Por mais inteligente e preparado que o profissional possa ser, muitas vezes ele se descontrola emocionalmente. Neste sentido, ter consciência de seus próprios sentimentos, conhecer suas limitações, seus talentos e, acima de tudo, sentir orgulho de si, fará uma enorme diferença e o deixará mais preparado para enfrentar os desafios de uma dura negociação, seja ela qual for.

Texto: Eduardo Ferraz

Moda do Brasil em Milão



Oskar Metsavaht, cada vez mais internacional e multifacetado, será um dos representantes da Associação Brasileira de Estilistas (ABEST), que foi convidada a participar do Brazil S/A, evento que acontece simultaneamente ao Design Week, em Milão, a partir de hoje, dia 17, até domingo, dia 22 de abril, no Palazzo Giureconsulti. O dono da Osklen ministrará uma palestra com o tema mais do que atual: O Brasil e o novo luxo. A associação ainda participa do evento com duas exposições: uma do livro +B Inspiração Brasil, coordenado por Rose Andrade (ela também falará sobre a obra), e a "Renda-se ao Brasil", com a participação da estilista, Martha Medeiros, e fotos do editorial realizado em Brasília, em comemoração aos 50 anos da cidade, produzido pela entidade. Oskar Metsavaht fará palestra com o tema 'O Brasil e o novo luxo'

Para Silvia Lima, gerente de Internacionalização da ABEST, estar presente na semana de design da Itália é de suma importância para expor o Brasil no exterior. "Eventos como este são importantes para mostrar as particularidades que tanto fazem sucesso fora do país, e de forma profissional", conclui Silvia. E quem ainda duvidava da força da moda nacional, talvez, esteja na hora de repensar os conceitos. 

Coluna Heloisa Tolipan

Como surgem as tendências de Moda



Todo mundo sabe o que estará na moda na próxima estação, os sapatos, as roupas, a cor da maquiagem e até a cor dos cabelos. Mas de onde vem tanta informação? Quem decide o que é fashion e o que se tornará tendência?
Diante destas perguntas, encontrei uma reportagem muito boa, da Talytha Govale do blog Parafraseando Moda.

1- Geralmente as pessoas tem a ideia de que as tendências de moda surgem apenas nas passarelas e nos catálogos, mas não é bem assim não é?

Não, quando aparecem nas passarelas, vitrines e capas de revista já deixaram de ser tendência, são moda de fato.

2- Como nasce uma tendência?

De um modo geral, a tendência nasce dos desejos e do comportamento do jovem consumidor, aquele que de alguma forma se sobressai ao grupo em que vive. Faz boas escolhas de estilo, customiza peças e antecipa atitudes.

3- Como os cool hunting (caçadores de tendências) chegam até as tendências? Onde e como eles pesquisam?

Com um olhar muito apurado e analítico eles se infiltram – com discrição, nas diversas tribos de jovens que habitam o mundo. E observam atentamente o estilo – peças potenciais; como esses jovens se comportam e se expressam, inclusive artisticamente.

4- Tem peças que compõem o look de algum personagem da Tv e de repente ganha as vitrines das lojas e as ruas, como se explica isso?

Uma vez que todas essas tendências foram captadas, elas são transformadas em peças, e com a imposição da mídia, em objetos de desejo. O público se inspira nas atitudes desses personagens e acaba imitando.

5- O que me fascina na moda é que as tendências vem e vão, elas sempre se renovam?

Sim, na moda hoje não há muito o que se inventar, as novidades são as releituras do que já aconteceu.

6- Qualquer pessoa pode sacar o que será tendência?

A pessoa precisa ter um mínimo de conhecimento histórico e antropológico, muito feeling visual aguçado e a sacada de estar pesquisando nos locais certos.

7- Não sei é minha visão apenas, mas ultimamente a moda está mais abrangente e abraça os mais variados estilos. Como ficar por dentro de todas essas tendências?

Sim! E é aí que mora o perigo, a democratização da moda permite quase tudo, e quem não tem bom senso acaba escorregando… E o bacana é aliar as tendências ao estilo próprio e não seguir fielmente a todas elas.

8- Há pessoas que querem viver sempre na moda e acabam ficando escravas das tendências? Por que isso acontece?

Porque falta o bom senso que falei na questão anterior e provavelmente a pessoa não tem uma boa percepção do próprio estilo.

9- Dá para ter estilo sem se tornar refém das tendências?

É o ideal, o sonho de consumo fashionista! E é super possível!

Talytha Govale

Vários colares para "modificar" o look

A modelo Dree Hemingway se apresenta sempre com produções inspiradoras, conhecida por seu estilo casual e particular.
E serve como nossa inspiração para usar vários colares num look básico.
Perceberam que a base do look dela é: calça jeans, camisa de malha e uma sandália alta (linda por sinal!). Algumas pulseiras e anéis e pronto!!


E você, o que achou?



HIDRATAÇÃO E CORRETIVO










Drible o aspecto de cansaço da pele com dicas de maquiagem.











O final de semana passou e deixou seu rosto com aspecto de cansaço? Siga as dicas da beauty artist Jemma Kid, que preparou um manual ao site Styleite com dicas de maquiagem infalíveis para disfarçar os resquícios da noite anterior.

Remova toda a maquiagem
É óbvio, mas tem muita gente que ainda deixa a preguiça vencer. Seja a hora que for, remova a maquiagem completamente quando chegar em casa e aplique um hidratante noturno para reidratar a pele enquanto você dorme.

Hidrate-se para reduzir o inchaço
Ao acordar, reserve um tempo para a hidratação. Se exagerar no álcool, por exemplo, sua pele ficará com um aspecto seco, inchado e pálido à pele. Tente ingerir pelo menos dois litros de água ao longo do dia e aplique um creme hidratante antes de usar qualquer maquiagem. Se seus olhos estiverem inchados, coloque sobre eles uma fatia de pepino ou gelo envolto em um pano por 15 minutos.





Opte por produtos cremosos
A pele tende a ficar ressecada nesse período. Na hora de se maquiar é bom evitar produtos em pó que podem "craquelar" a pele. Prefira bases líquidas hidratantes, blushes em creme e outros produtos mais oleosos.


Aposte em corretivos coloridos
Corretivos coloridos são ótimos para aliviar as olheiras da ressaca. O verde neutraliza as vermelhidões e o amarelo, as áreas azuladas. Aplique o corretivo normal por cima e faça uso dele para iluminar mais a região dos olhos.

Sombras neutras e curvex
Se for aplicar sombra, invista em tons neutros de marrom, bege, taupe, pêssego ou rosa suave. Fique longe do ameixa, roxo e cinza - eles vão ressaltar as olheiras. Finalize com um blush pêssego.


Fonte:Portal da Maquiagem Avon


Dayana Santiago
@DayanaSantiago
Colaboradora do blog




Gostaram do post? ESpero ansiosamente seus comentários!!!!
Bjs e linda semana!!!

De olho na Semana de Moda de Fortaleza: Dragão Fashion Week

O Dragão Fashion, maior semana de moda da região Nordeste, termina hoje em Fortaleza. O evento custou R$ 1,5 milhão e apresentou 28 desfiles, além de uma extensa agenda de workshops e palestras com diversos profissionais do mercado.

O fotógrafo J.R. Duran e a estilista Thaís Losso estavam entre os palestrantes. O Dragão também dedicou espaço a pesquisas acadêmicas, como a apresentada pelo professor do curso Design de Moda, da Escola de Belas Artes da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Tarcisio D'Almeida, sobre jornalismo de moda, e também a questões de mercado e gestão de empresas.

Entre grifes e ações, aqui estão dez razões-chave para explicar por que a semana cearense começa a despontar como uma das mais promissoras do país:


1. Assim como ocorre no Rio e em São Paulo, o evento abriga criadores de outras regiões, o que contribui para que ele se transforme em mais um pólo difusor de moda no Brasil, com foco no Norte e Nordeste;

2. Lindebergue Fernandes: o estilista é uma celebridade regional e conquistou essa fama graças a uma mistura muito bem-sucedida de elementos pop e apresentações performáticas. Nesta edição fez uma coleção feminina e masculina inspirada no universo das donas de casa, pensando na cozinha, na novela e na missa. Na trilha, falas de vilãs globais como Maria de Fátima, de "Vale Tudo", e Perpétua, de "Tieta";

3. O Dragão convocou o estilista Jum Nakao para criar uma coleção durante o evento, num esquema reality show. O trabalho pôde ser acompanhado por todos os visitantes, ao vivo, e o resultado final são peças esculturais e delicadíssimas, que lembram os tempos áureos de Jum e sua icônica coleção de papel;

4. Clair: a grife de origem mineira impressionou com sua técnica de crochê e macacramê em silhuetas muito modernas e peças bem-acabadas. Fique de olho;

5. O evento convidou duas grifes italianas, Leitmotiv e Chicca Lualdi, na tentativa de iniciar um intercâmbio internacional;

6. Mar Del Castro: muito apreciada pela juventude local, a moda praia da grife mistura elementos artesanais e pegada sexy;

7. Apesar de não contar com uma feira de negócios e showrooms, o que pode e deve ser pensado pela organização, o evento já teve sucesso no quesito formação de público. Num só dia, chegou a receber cerca de 45 mil visitantes;

8. Kallil Nepomuceno mostrou uma coleção de moda festa muito competente e foi aplaudido de pé. Curtos modernosos e longos etéreos, bem ao gosto das brasileiras;

9. O projeto Kza do Dragão reúne a criação de cooperativas da região, com curadoria de estilo. Foi montada dentro do evento uma loja para vender as peças produzidas pelas artesãs e designers participantes. Longe de mais uma lojinha típica, o que se encontra nas prateleiras são peças modernas e desejáveis feitas com técnicas centenárias;

10. A moda "mulher-fina" da Doiselles conquistou as fashionistas locais com um repertório casual-chic com detalhes artesanais. A grife tem um projeto paralelo de moda envolvendo detentas da região.

É claro que nem tudo são flores. O Dragão ainda precisa resolver questões de logística (atrasos,marcação de lugares etc) e algumas grifes precisam se "encontrar".

O evento cresceu e apareceu. Como consequência do novo status (esta edição foi acompanhada inclusive por um número considerável de jornalistas vindos da Europa e da América do Sul), vem a responsabilidade de fazer com que o produto mostrado também tenha um ganho de qualidade.
Clair

Kallil Nepomuceno


Doiselles


Mar Del Castro
Eu amei as tendências lançadas, principalmente o desfile da Mar Del Castro e todas as peças da Clair. Sucesso total!!

Fonte das informações: Jornal Floripa